Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Wikimedia Commons
Wikimedia Commons
Atualidades, Esporte

Chefe da Ferrari é detido e multado em Cingapura por jogar bituca no chão

A cidade-estado, conhecida pela rigidez na aplicação das leis, multou Maurizio Arrivabene em R$ 2.500 e o deteve por seis horas

Cingapura não vai deixar mesmo boas lembranças para a Ferrari em 2016. Além de Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel terem ficado de fora do pódio na prova do último domingo (18/09), o chefe da escuderia, Maurizio Arrivabene, terminou o dia detido pela polícia local. O motivo: jogou uma bituca de cigarro no chão.

A cidade-estado é conhecida pela rigidez na aplicação das leis. Em 2015, por exemplo, Yogvitam Pravin Dhokia, cidadão britânico, foi preso por ter invadido a pista durante a corrida e recebeu uma pesada multa de 42 mil reais.

Segundo o diário espanhol ABC, o chefe da Ferrari — que também foi executivo da Marlboro —, cometeu uma infração prevista pela lei local e jogou uma bituca de cigarro no chão. Assim, ao ter sido flagrado pela polícia local, Arrivabene teve de ser acompanhado para uma delegacia para prestar esclarecimentos.

Em informações publicadas pelo jornal espanhol Marca e também pela emissora de tevê finlandesa MTV, Arrivabene ficou sob custódia por cerca de seis horas pela polícia local até ter sido liberado. Ainda assim, o dirigente italiano teve de pagar uma fiança avaliada em quase 2.500 reais.

*****

Recomendamos também:

10 atletas religiosos que não escondem sua fé

10 filmes inspiradores sobre esportes e virtudes

Medalha de ouro em prova de atletismo diz: “meu doping é Jesus”

***

Curta nossa página no Facebook e siga-no no Twitter.

2 Comentários
Leia também