Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Facebook/ Guiness World Records
Facebook/ Guiness World Records
Casamento e Compromisso

Casados há 80 anos, japoneses centenários dão receita para casamento duradouro

Reconhecidos pelo Guiness como casal mais velho do mundo, Miyaki e Masao creditam o sucesso de seu relacionamento a uma virtude da mulher

O casamento é um compromisso sério e que pede àqueles que o firmam, bastante segurança na decisão. É preciso lembrar que muito além da paixão dos dias da juventude, para manter um relacionamento duradouro é preciso amor, companheirismo e respeito. Mas nessa lista, Miyako Matsumoto, de 100 anos, inclui ainda um item que fez com que ela e seu marido Masao, de 108, completassem no ano passado 80 anos de união: a paciência.

E se você pensa que a virtude foi imprescindível para o sucesso do casal de japoneses, no que diz respeito somente à convivência entre eles, está enganado. Da parte de Miyako foi preciso ter paciência nas mais diversas situações, ao longo do relacionamento. Como a data do casamento, por exemplo.

Acontece que o casal se conheceu por meio de amigos em comum. Quando decidiram se casar, prontamente os pais de Miyako visitaram os pais de Masao para organizar a cerimônia. Só que o futuro noivo ficou preso em outra cidade do Japão, por conta de uma dívida de seus irmãos, e não conseguia voltar para casa. Foi preciso paciência da noiva para aguardar o retorno do amado.

O casamento real mais duradouro: Rainha Elizabeth II e príncipe Phillip completam 71 anos de casados

Tempo depois, quando enfim as coisas pareciam caminhar bem, o Japão entrou em conflito com a China e, por conta dos acontecimentos, Miyako e Masao não puderam realizar uma cerimônia de casamento formal. Além disso, nesse mesmo período acontecia a Segunda Guerra Mundial e até o final dela, Masao foi chamado ao serviço militar três vezes. Coube a Miyako a tarefa de criar as duas filhas com a ajuda de parentes e pacientemente esperar por seu marido.

Em entrevista ao Guiness World Record, na ocasião do recebimento do certificado de “casal mais velho do mundo em idade agregada e que continua casado” – juntos eles somam 208 anos – Miyako disse ter ficado apreensiva quanto ao retorno de Masao. Mas em 1946 ele voltou para casa, ainda que “apenas pele e osso” e eles puderam novamente estar em família.

No difícil pós-guerra, Masao conseguiu trabalho em um porto o que lhe exigia viajar com frequência a diversos países. A família, claro, passou a segui-lo. Com paciência, Myiako conseguiu ajudar o marido a organizar a vida em cada lugar que desembarcavam, bem como auxiliar as cinco filhas que tiveram juntos, a se adaptarem às novas realidades. Todas, inclusive, nasceram em cidades diferentes.

O que a ciência já descobriu sobre relacionamentos felizes e saudáveis

Tanto esforço e paciência ao longo da vida foi recompensado quando após o casamento das filhas, o casal pode desfrutar da vida como nunca haviam feito antes. Hoje eles vivem em uma casa de repouso. Foi ali que eles enfim tiveram uma festa de casamento, com direito a vestido e terno elegantes, quando celebraram os 80 anos de união.

Myiako e Masao têm juntos cinco filhas, 13 netos e 25 bisnetos. Em 2018, Miyaki e Masao receberam do Guiness World Record o certificado “Oldest living married couple, aggregate age” – algo como “o casal mais velho do mundo em idade agregada e que continua casado”. O recorde mundial pertence aos noruegueses Karl e Gurdren Dolven que chegaram aos 210 anos em idade combinada, até que Gurdren morreu.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também