Pais e mães também têm regras!
| Foto:

Eu não sei vocês, mas quando as crianças me tiram do sério eu dou uns gritos e logo em seguida: “arrependimento mode on”!!!

Sempre que isso acontece eu fico péssima e prometo me controlar da próxima vez. Continuo tentando! Se já é mais fácil entender que palmadas são nocivas e não ajudam em nada na melhora do comportamento, parece que gritar ajuda na hora da raiva, mas não, não ajuda!! Eu admito que grito por estar cansada, frustrada, irritada…mas, a situação só piora quando perco o controle.

Sei que eu não estou só, então convido as ‘gritantes’ a tentarem quebrar esse ciclo: admitir que gritar não resolve, trabalhar o autocontrole, mentalizar outras alternativas de lidar com comportamentos inadequados…já é um bom começo!

unnamed

semprefamilia

Deixe sua opinião