Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Reprodução/ Youtube
Reprodução/ Youtube
Pais e filhos

Aplicativo ajuda pais separados a dividirem responsabilidades relacionadas aos filhos

Pensado para amenizar danos emocionais nas crianças o coParenter aposta na educação dos pais para ajuda-los na divisão de tarefas e evitar que os filhos sofram ainda mais

Talvez, apesar dos esforços, o casamento tenha chegado ao fim. E nesse momento de separação é preciso pensar nos filhos e que na infância e adolescência estão se formando emocionalmente. Há todo um desgaste dos pais que estão às voltas com questões judiciais muitas vezes, mas não se pode deixar de lado a herança familiar vinda daquele relacionamento, que são as crianças.

Foi observando o comportamento dos casais que chegavam até seu escritório e sua experiência com direito familiar, que uma advogada dos Estados Unidos criou um aplicativo para auxiliar essas famílias. Sherrill Ellsworth, em parceria com Jonathan Verk e Eric Weiss criou o coParenter, uma plataforma que auxilia pais separados a fazer as divisões de responsabilidades e evitar, assim, danos emocionais maiores.

O que é a alienação parental e quais as consequências para as crianças?

A missão do aplicativo, segundo seus idealizadores, é promover o bem-estar das crianças. Por isso eles apostam na educação e na tecnologia para ajudar os pais, que agora já não convivem mais diariamente, a manterem um relacionamento amigável, sempre com olhos no desenvolvimento afetivo de seus filhos. “Acredito que os pais devem manter seus filhos fora da briga e em um ambiente estável, onde elas possam ser apenas uma criança”, explica Sherrill no site da marca.

Com o coParenter os pais podem trocar mensagens e organizar datas, facilitando o cuidado com as crianças, que não correm o risco de “serem esquecidas” por um dos pais, num dia em que teriam para aproveitar juntos. Além é claro, de não presenciarem eventuais discussões ao telefone. Ainda, aos pais, há a facilidade de consultar toda a documentação jurídica envolvendo a separação e guarda das crianças.

E por terem a educação como uma das missões da plataforma, os idealizadores oferecem aos pais um suporte online e, também, por meio do sistema de inteligência artificial, a ajuda no aprimoramento do relacionamento entre os dois. Um exemplo é a detecção de frases agressivas em uma conversa, que sugere o não envio delas, antes do clique final.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também