Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock.
Bigstock.
Saúde

Bebês amamentados por mais tempo têm rendas maiores na vida adulta, diz estudo

Bebês que são amamentados têm QI alto, maior escolaridade e, em consequência, rendas melhores, segundo pesquisa.

Todo mundo sabe que a amamentação só traz benefícios para a nutrição do seu bebê. Mas o seu filho tem ainda mais a ganhar mamando do peito da mamãe: bebês que são amamentados por mais tempo têm QI alto, maior escolaridade e, em consequência, uma renda melhor na vida adulta. A conclusão é de um estudo coordenado por professores da Universidade de Pelotas (RS) e publicado na revista The Lancet Global Health.

A pesquisa acompanhou 3,5 mil crianças nascidas em 1982 e amamentadas por períodos variáveis. Depois de 30 anos, os pesquisadores concluíram que, entre os participantes do estudo, aqueles que haviam sido amamentados por um ano tinham um QI quatro pontos acima dos que receberam leite materno por menos de um mês.

Restaurante vegano proíbe mãe de dar mamadeira a bebê por ser “leite de origem animal”

O grupo também tinha maior escolaridade (1 ano a mais) e renda (um terço maior). Um dos coordenadores da pesquisa, o médico Bernardo Lessa Horta, explica que os efeitos benéficos do leite materno na inteligência se devem provavelmente “à presença de ácidos gordos saturados de cadeia longa (DHAs), que desempenham um papel essencial no desenvolvimento do cérebro”.

Outras pesquisas já haviam apontado que o aleitamento materno é benéfico aos bebês, tanto do ponto de vista físico quanto do emocional. A Organização Mundial de Saúde (OMS) indica a amamentação como um “dos meios mais eficazes” para garantir a saúde das crianças. Mesmo assim, calcula-se que menos de 40% dos bebês de todo o mundo sejam amamentados.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também