Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Alexander and the Terrible, Horrible, No Good, Very Bad Day
Entretenimento

Sete comédias para assistir em família

Confira algumas boas histórias para rir com filhos de todas as idades sem ter de se preocupar com cenas inapropriadas

todo poderoso

Todo Poderoso (2003)

O filme estrelado por Jim Carrey fala de um repórter de tevê, Bruce Nolan, que tem um dia péssimo e passa a maldizer Deus por tudo de ruim que lhe tem ocorrido. É então que o próprio Deus, interpretado por Morgan Freeman, aparece, avisa Bruce que vai tirar férias e dá a ele todos os seus poderes, além da tarefa de atender às preces que lhe fazem. A nova condição divina de Bruce o coloca em diversas situações inusitadas e o faz aprender lições que mudam seu modo de encarar a vida.

Todo Poderoso fala de temas profundos, como fé e livre arbítrio, mas com uma leveza e humor que tornam os assuntos acessíveis e atraentes a qualquer público.

 

A Volta do Todo Poderoso

 

A Volta do Todo Poderoso (2007)

Na continuação do filme de 2003, o protagonista agora é Evan Baxter (Steve Carrel) que também estava no primeiro filme, mas apenas como coadjuvante. Ele agora é um congressista recém-eleito que recebe de Deus (Morgan Freeman) uma missão bíblica nada conveniente para suas pretensões de popularidade: construir uma arca e enchê-la de animais.

Embora menos badalado que o primeiro filme, A Volta do Todo Poderoso cumpre a missão de falar de fé, determinação e sobre a importância de uma família unida, principalmente em tempos de crise.

 

As Loucuras de Dick e Jane

 

As Loucuras de Dick e Jane (2005)

O casal Dick e Jane trabalha muito para manter um padrão de vida confortável para a família, até que Dick ganha uma promoção repentina e inesperada, mas em vez de alegrias a conquista só os coloca em confusão. A empresa entra em falência poucos dias depois, nenhum dos dois consegue um novo emprego e as dívidas os fazem vender quase tudo o que têm. Eles passam então a tomar medidas desesperadas para conseguir o sustento de casa.

As Loucuras de Dick e Jane é uma história hilária com a qual todo casal que já passou por dificuldades financeiras pode se identificar. Fica claro todo o esforço que um pai ou uma mãe estão dispostos a fazer por sua família, mesmo nas atitudes mais drásticas – até criticáveis – a disposição de sacrificar-se é evidente.

 

Alexandre

 

Alexandre e o Dia Terrível, Horrível, Espantoso e Horroroso (2014)

Alexandre é um garoto prestes a completar 12 anos de idade que acaba de passar por um dia bastante difícil, enquanto seus pais e irmãos só têm boas notícias para contar. Irritado, sentindo-se incompreendido e com um pouco de inveja, ele deseja que o dia seguinte seja ruim para toda sua família. Coincidência ou não, logo que amanhece uma confusão atrás da outra complica e muito a rotina de seus pais e irmãos.

Estrelado por Steve Carrel e Jennifer Garner, o filme rende algumas gargalhadas. Por tratar-se de uma família com quatro filhos, a variedade de situações vivida pelos membros da família proporciona um leque de boas reflexões morais, todas leves, mas significativas. A mensagem final, de “transformar o dia” é bastante útil para quem precisa enxergar a vida com mais otimismo.

 

 

opaidanoiva

O Pai da Noiva (1991)

George Banks (Steve Martin) é um pai de família que ama a harmonia de seu lar, mas a tranquilidade de George entra em colapso quando recebe a notícia de que sua filha mais velha, Annie, vai se casar. Tomado pelo ciúme, George cria muita confusão, desde a festa de noivado até o dia da cerimônia. Tudo para não perder a “garotinha” que ele ainda vê como criança.

O filme é remake de um sucesso dos anos 50, mas a temática é e sempre será atual. O ciúme paterno é retratado de modo hilário pelo talentoso Steve Martin, e sua luta interior para aceitar o fato de que os filhos crescem resulta em reflexões muito interessantes.

 

Mitty Walter

A vida secreta de Walter Mitty (2013)

Walter Mitty (Ben Stiller) é um funcionário da revista Life que cuida do departamento de fotografia e trabalha em estreita colaboração com o famoso fotógrafo Sean O’Coneell. Embora veja paisagens lindas e cenas de aventura o tempo todo, Mitty tem uma vida absolutamente pacata, e acaba compensando isso com devaneios de ações incríveis que o fazem ficar “fora do ar”. Na impressão do último volume impresso da revista, a perda de um negativo de foto o faz ir atrás de O’Coneell, viajando ao redor do mundo. A jornada o levará a fazer coisas que até então ele apenas alimentava em suas fantasias.

O filme não faz gargalhar, já que se trata de uma comédia dramática, mas as piadas suaves são adequadas às mensagens morais mais complexas com as quais a história trabalha. O foco é ver a vida com otimismo, ter coragem de fazer o que se sonha e não deixar a vida passar em branco.

 

uma-noite-no-museu-1_capa01

 

Uma Noite no Museu (2003)

Ben Stiller vive Larry Daley, um homem honesto e bondoso, que acaba de arranjar um emprego como segurança noturno num museu de história natural. Só que logo na primeira noite de trabalho, coisas esquisitas acontecem: esqueletos de dinossauros e estátuas de cera ganham vida. Para resolver caos em que se transforma o museu, quem vem em socorro de Larry é a estátua de cera do ex-presidente norte-americano Theodore Roosevelt (Robin Williams).

O filme tem os elementos clássicos de muitos enredos de aventura, com o acréscimo de oferecer ao público breves lições de história e incentivar visitas a museus.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também