Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Educação dos filhos

10 sinais de que seu filho pode estar sofrendo bullying na escola

É importante que pais e filhos sejam próximos para que alguns sinais de agressão física ou psicológica possam ser detectados mais facilmente

Crianças que sofrem bullying nem sempre conseguem contar aos pais, responsáveis, amigos e professores sobre o que está passando. Há alguns sinais, contudo, que servem de alerta. Confira 10 comportamentos aos quais todo pai e mãe devem estar atentos:

1) Volta para casa da escola com roupas e pertences danificados: se o seu pequeno tem chegado em casa depois da aula com alguma peça de roupa rasgada ou com cadernos, mochilas e outros materiais estragados, fique alerta. E preste a atenção na explicação dele. Quanto mais simples e desconexa, mais provável será o fato de que ele está sofrendo bullying.

2) Doenças frequentes: claro que crianças estão suscetíveis a ficarem doentes e com maior frequência que os adultos, mas quando regularmente elas reclamam de dores de cabeça e estômago, por exemplo, é preciso observar se ele não anda com problemas na escola. Ele pode estar tenso demais devido à preocupação com o bullying ou as dores podem ser resultado de alguma agressão.

3) Mudança em seus hábitos alimentares: Seu filho passou a comer mais ou até compulsivamente? Tem pulado refeições ou rejeitado alimentos? Talvez esteja demasiadamente preocupado com o que fará em relação ao seu agressor no dia seguinte. Ele também pode estar voltando da aula com muita fome porque não tem lanchado.

4) Dificuldade para dormir ou tem pesadelos: a preocupação com o que fará no dia seguinte em relação ao seu agressor pode deixar seu filho ansioso e com problemas para manter o sono.

5) Desinteresse pela escola e queda nas notas: por conta da preocupação com o que irá enfrentar na escola, a criança pode começar a ter dificuldade de concentração. Isso resultará em queda de produtividade.

6) Afastamento dos amigos: crianças sendo vítimas de bullying podem se afastar dos poucos amigos que têm por receio. Além disso, algumas crianças não querem ser vistas junto a alguém nessa situação.

7) Baixa autoestima: por causa da agressão a criança pode se sentir diminuída e sem amparo. Na sequência ela pode buscar a fuga de casa e começar a se machucar, por exemplo.

8) Medo generalizado: é como se um pânico tomasse conta da criança e ela passasse a ter medo de tudo o que envolva pessoas: ir para a escola, pegar o ônibus escolar, ir a clubes

9) Aparência triste: observe se seu filho tem andando chateado com mais frequência, choroso e até depressivo. Esta é uma maneira que ele tem de expressar sua dor, sem usar as palavras.

10) Começa a atacar outras crianças: uma consequência do bullying é que a vítima pode começar a descontar em irmãos e amigos mais fracos, a dor que está sentindo. Elas se tornam agressivas e podem começar a ser desobedientes aos pais.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos  Twitter.

 

Leia também