Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Fotos: Divulgação/Santuário Nacional de Aparecida
Fotos: Divulgação/Santuário Nacional de Aparecida
Religião

Guia: o que fazer em família em Aparecida

A cidade onde está a segunda maior igreja do mundo reserva muitas atrações para as famílias de romeiros.

Mais de 11 milhões de fiéis visitam todos os anos o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP), para venerar a imagem de Nossa Senhora encontrada em 1717 nas águas do Rio Paraíba, alimentar a sua fé e conhecer a imponente basílica – a segunda maior igreja do mundo.

A cidade reserva muitas atrações para as famílias de romeiros. O Sempre Família lista aqui as principais, dentro e fora do complexo da basílica, para que você e sua família não deixem de aproveitar ao máximo a sua viagem. Confira:

 

Parte I: na basílica

É claro que o ponto alto da visita a Aparecida é a visita ao Santuário Nacional. Só o complexo da basílica já sedia vários pontos de visita interessantes que, às vezes, podem passar despercebidos.

Aparecida - mapa

 

1) O nicho da imagem

Você está em Aparecida para rezar aos pés da imagem encontrada há 300 anos nas águas do Rio Paraíba – um sinal do amor de Deus que acompanha o seu povo em meio às dificuldades. Ela está em lugar de destaque na basílica, em um nicho localizado na nave sul do santuário. Aproveite para apreciar os detalhes que cercam a imagem: ela está cercada de peixinhos, que remetem à rede de pesca que a tirou das águas, e “vestida de sol”, como a mulher do Apocalipse (Ap 12, 1), livro de onde também foi tirado o versículo que adorna o nicho e coloca Cristo no centro da devoção a Nossa Senhora: “O Espírito e a Esposa dizem: Amém, vem, Senhor Jesus!” (Ap 22, 17). À esquerda e à direita, estão representadas mulheres do Antigo Testamento.

 

2) A capela do batismo

O santuário conta com cinco capelas abertas à visitação. Duas delas se localizam nas pontas dos dois braços que saem do edifício principal e formam a Esplanada João Paulo II. A capela do batismo foi inaugurada em 2010. Ali está a fonte batismal e a piscina onde são realizados os batismos. Também são guardadas no local três ânforas que contém os óleos dos catecúmenos, dos enfermos e do crisma, abençoados na missa crismal, na Semana Santa.

 

3) A capela da ressurreição

Localizada no outro braço da colunata, é o local onde estão sepultados os bispos e arcebispos de Aparecida. A arte da capela gira em torno do tema da ressurreição.

 

4) A capela do Santíssimo Sacramento

É uma das duas capelas localizadas no interior do edifício principal. Ali está localizado o tabernáculo, que guarda a reserva eucarística – o que dá o tom artístico da capela, com dois relevos de cunho eucarístico do artista Adélio Sarro: um representando o lava-pés e outro, os discípulos de Emaús. Os mosaicos do retábulo foram um presente de João Paulo II, em sua primeira visita ao Brasil, em 1980.

 

5) A capela de São José

Localizada à esquerda do altar central, é nessa capela, dedicada ao esposo de Maria, que são celebradas missas em dias de menor movimento.

 

6) A capela das velas

Construída na década de 1970 e reformada em 2004, é um local próprio para o acendimento de velas. A sua decoração remete à passagem do Êxodo em que Deus aparece a Moisés na sarça ardente.

 

7) A capela dos apóstolos

Essa capela, em cujas paredes estão retratados os doze apóstolos, fica logo atrás do nicho da imagem de Aparecida – é por ali que se alcança a imagem, que pode também ficar voltada para o interior da capela. O seu altar é aquele que ficava no centro da basílica antes do altar definitivo e foi consagrado por João Paulo II. Essa capela, porém, não é aberta para visitação. Apesar disso, se você reservar com antecedência um local para o seu grupo de peregrinos celebrar a missa, é possível que o encaminhem para a capela dos apóstolos.

 

8) A sala das promessas

Localizada no subsolo da basílica, essa sala abriga objetos, fotos e cartas de devotos que relatam graças alcançadas pela intercessão de Nossa Senhora Aparecida. O santuário recebe cerca de 19 mil itens como esses por mês.

 

9) Monumento em honra a Nossa Senhora Aparecida

Localizado nos jardins do santuário, esse monumento é uma réplica daquele que foi instalado nos Jardins Vaticanos em 2016.

 

10) Torre Brasília

A torre da basílica abriga dois espaços especialmente interessantes: o museu, no 2º andar, onde é possível ver objetos ligados aos primeiros milagres de Aparecida e peças como o manto doado pela Princesa Isabel à imagem; e o mirante, no 18º andar, que oferece uma visão privilegiada da região. O ingresso – R$ 8 para o público geral e R$ 4 para pessoas acima de 60 anos, estudantes com carteirinha e crianças de 6 a 12 anos – permite a entrada nos dois espaços.

 

11) O campanário

Projetado por Oscar Niemeyer, o campanário conta com 13 sinos, um para cada apóstolo e o maior dedicado a Maria e José.

 

 

Parte II: fora da basílica

 

Aparecida também guarda suas surpresas fora do complexo da basílica, em espaços que pertencem oficialmente ao Santuário Nacional ou não. Vale a pena conhecê-los, sobretudo a basílica velha e o Porto Itaguaçu.

 

1) Morro do Presépio

Bem perto da basílica está esse complexo com mais de 70 esculturas em tamanho natural que representam cenas do nascimento de Jesus.

 

Aparecida - mapa 04
2) Morro do Cruzeiro Mirante no Morro do Cruzeiro.

Do outro lado da Rodovia Presidente Dutra, esse é o local em que acontece a Via Sacra em Aparecida desde 1948. O acesso mais fácil se dá por bondinhos aéreos. A tarifa para o passeio, ida de volta, é de R$ 26 para adultos e R$ 13 para crianças (6 a 12 anos) e idosos (a partir de 60 anos). Por R$ 30 e R$ 15, respectivamente, o passeio inclui o ingresso no mirante da torre.

 

3) Memorial da Devoção

Nesse local, situado ao lado do Centro de Apoio ao Romeiro, estão diversas atrações turísticas relacionadas à devoção a Nossa Senhora. Ele fica aberto de segunda a sexta das 9:00 às 17:00, aos sábados das 8:00 às 19:00 e aos domingos das 07:00 às 18:00. A entrada fica por R$ 10, mas crianças até 5 anos não pagam. Essa entrada permite o acesso nas seguintes atrações:

 

  • O Museu de Cera, onde podem ser vistas mais de 70 peças retratando personalidades como os pescadores que encontraram a imagem e visitantes ilustres como dom Pedro II, João Paulo II e o jogador de futebol Ronaldo.
  • Um cinema 3D com uma tecnologia de projeção especial que veicula um filme de 15 minutos sobre a história de devoção a Nossa Senhora Aparecida.
  • O Cantinho dos Devotos Mirins, um local especial para as crianças, em que os protagonistas são os personagens de uma revista infantil que os membros da Campanha dos Devotos recebem todos os meses.

 

4) A basílica velha

Inaugurada em 1888, é o local que albergou a imagem original até 1982, quando ela foi trasladada definitivamente para a nova basílica. Aqui já estiveram figuras como dom Pedro II, a Princesa Isabel e São Josemaria Escrivá. A Passarela da Fé proporciona acesso direto entre a basílica nova e a velha, também chamada de matriz basílica.

 

Centro de apoio aos romeiros.
Centro de apoio aos romeiros.

5) Centro de Apoio ao Romeiro

É aqui que o peregrino tem acesso a uma grande variedade de lojas, serviços e quiosques de alimentação. A estrutura conta com fraldário, sanitários adaptados para pessoas com deficiência e terminais bancários.

 

6) Cidade do Romeiro. Nessa ampla área de convívio, com área verde, lagos e parques, há restaurantes, um centro comercial, uma capela e o Hotel Rainha do Brasil, o hotel oficial do santuário.

 

7) Porto Itaguaçu. É o ponto do rio Paraíba do Sul em que a imagem foi encontrada. Há uma capela no local. O passeio de balsa, disponível das 8h às 17h todos os dias de julho a janeiro e exceto terças e quintas no resto do ano, dura 20 minutos e conta com um guia que conta a história do encontro da imagem. Você pode consultar o valor dos ingressos através do e-mail passeio@riosanto.com.br ou do telefone (12) 99131-7269.

 

8) Seminário Bom Jesus. O seminário da Arquidiocese de Aparecida é um belo prédio de 120 anos que abriga também a cúria da arquidiocese e serve como hotel, com o nome Pousada do Bom Jesus. Conta ainda com uma ala pontifícia, que pode ser visitada pelos hóspedes: ali, já estiveram hospedados João Paulo II, Bento XVI e Francisco.

 

Todas as atrações mencionadas, exceto quando mencionado, são de visitação gratuita. O estacionamento do Santuário Nacional – o maior estacionamento da América Latina – funciona das 5h às 22h de segunda a quinta e 24h no fim-de-semana. É cobrado R$ 15 (diária) por automóvel ou moto e R$ 21 por van. Veículos com placas das cidades que formam a Arquidiocese de Aparecida – Aparecida, Guaratinguetá, Potim, Roseira e Lagoinha – pagam apenas R$ 5 em dias úteis. Outros valores podem ser consultados aqui.

Os visitantes também podem encontrar várias atrações interessantes nas cidades da região. Em Guaratinguetá, por exemplo, pode-se visitar a casa em que viveu Santo Antônio de Sant’Ana Galvão – o Frei Galvão – e a bela Igreja de Santo Antônio, onde ele foi batizado. Um pouco adiante, em Cachoeira Paulista, está a sede da Canção Nova, com o Santuário do Pai das Misericórdias. Aparecida também está perto de Taubaté, onde está o Museu Monteiro Lobato, que funciona na casa em que o escritor passou a infância e que emula o Sítio do Pica-Pau Amarelo.

 

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também