Amor ao próximo

Gaúcho de 8 anos organiza barraca solidária para ajudar vítimas da enchente no Rio Grande do Sul

  • Por Raquel Derevecki
  • 26/07/2020 14:50
O gaúcho Enzo Romitti montou o espaço no Centro da cidade de Bom Retiro do Sul e recebeu diversas doações
O gaúcho Enzo Romitti montou o espaço no Centro da cidade de Bom Retiro do Sul e recebeu diversas doações| Foto: Arquivo pessoal/Fernanda Romitti

Bastou o pequeno Enzo Romitti assistir às reportagens a respeito das enchentes no Rio Grande do Sul no início deste mês para que decidisse ajudar os desabrigados. “Eu estava no meu escritório e ele entrou falando que queria montar uma barraca da solidariedade”, conta a mãe Fernanda Romitti. Segundo a moradora de Bom Retiro do Sul, a área rural do município estava embaixo d’água devido às fortes chuvas, várias cidades vizinhas enfrentavam a mesma situação e centenas de famílias haviam perdido tudo. “E ver aquilo mexeu muito com nosso filho”.

Por isso, o garoto pediu que a mãe o ajudasse a preparar sanduíches e chocolate quente para vender. Assim, comprariam alimentos, produtos de higiene e cobertores para as vítimas usando o valor arrecadado. “Na hora que ele falou isso, expliquei que precisaríamos de mais tempo para nos organizar e que era necessário ter autorização para vender comida. Então, não daria certo”, relata a comerciante, que viu o filho ir para outra sala, sentar e retornar minutos depois com a solução.

Como não seria possível conseguir dinheiro para comprar produtos, ele gravaria um vídeo solicitando doações e marcando um ponto de encontro no Centro da cidade para recebê-las. Além disso, prepararia pacotinhos de biscoitos com uma mensagem de agradecimento para todos que participassem da campanha. “Só que a ação aconteceria no dia seguinte, então foi uma correria“, lembra Fernanda.

De acordo com ela, toda a família ajudou no preparo das lembranças durante a noite, separou os itens para a montagem do estande solidário e colaborou na divulgação do vídeo nas redes sociais. “Confesso que eu estava com receio de que não viesse ninguém por estar bem em cima da hora, mas enviei o convite do Enzo para diversos grupos chamando as pessoas, e elas vieram”, conta a gaúcha, que se surpreendeu com o resultado.

A arrecadação foi marcada para a sexta-feira, 9 de julho, das 13 às 18 horas. No entanto, pela manhã a família já começou a receber donativos de pessoas que não conseguiriam passar pela barraquinha à tarde. “Aí o Enzo se animou logo cedo”, comemora a mãe, que viu a alegria do filho recebendo inúmeros cobertores, itens de higiene e alimento suficiente para oito cestas básicas. “E entregamos todos os cartões e mimos que fizemos”, completou o garoto.

Ao final da ação, os produtos foram organizados e encaminhados à ONG Esperançar para serem distribuídos no mesmo fim de semana às famílias da área rural da cidade. “E ainda estamos recebendo doações e entregando todas elas”, finaliza o menino, que promete novas ações como essa, em breve.

  • Foto: Arquivo pessoal/Fernanda Romitti
  • Foto: Arquivo pessoal/Fernanda Romitti
  • Foto: Arquivo pessoal/Fernanda Romitti
  • Foto: Arquivo pessoal/Fernanda Romitti
Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.