EUA

Bibliotecária usa drones para entregar livros a estudantes que estão em quarentena

  • Por Equipe Sempre Família
  • 18/06/2020 18:20
Kelly é bibliotecária em uma cidade do estado norte-americano da Virgínia
Kelly é bibliotecária em uma cidade do estado norte-americano da Virgínia| Foto: Reprodução/ YouTube

Kelly Passek é bibliotecária na Blacksburg Middle School, no estado norte-americano da Virgínia. E o fato de os alunos da escola em que trabalha terem ficado sem acesso á biblioteca por causa da pandemia do novo coronavírus, a deixou bastante incomodada. Mas, mais ainda agora, que as férias de verão começaram e nem ao menos as aulas online eles terão para aprimorar o conhecimento.

Então, ao observar o comportamento de sua própria família durante a quarentena, ela encontrou a chave que manteria os alunos do distrito das Escolas Públicas do Condado de Montgomery próximos dos livros: usar um drone para entregar a eles o que desejassem da biblioteca. "Como bibliotecária é extremamente importante para mim ter conexões com meus alunos", disse Kelly em um vídeo publicado no canal da Wing no YouTube, a empresa parceira nesse projeto. "Quero garantir que eles tenham acesso aos recursos de que precisam e às ferramentas que lhes permitirão ter sucesso - não apenas academicamente, mas também na vida", explicou.

A empresa Wing é a responsável por levar diversos itens comprados pela família de Kelly. Por isso, com o plano em mãos, ela procurou pelo superintendente da marca e ele imediatamente se interessou. A primeira entregua aconteceu no dia 11 de junho e desde então 35 livros já foram deixados na casa de estudantes da cidade de Christiansburg.

O pedido dos livros é feito por um formulário da Google - que faz parte do mesmo grupo de empresas da Wing -, e os estudantes podem escolher entre os mais de 150.000 títulos da biblioteca. Ao receber a solicitação, Kelly faz a avaliação, encontra o título pedido e coloca no drone. A entrega é feita em um raio de pouco mais de 6 quilômetros da biblioteca. Nessa área vivem pelo menos 600 alunos.

O drone aguenta um livro 1,5 quilo e viaja a uma velocidade de 100 quilômetros por hora. Quando chega ao seu destino, um cabo desce o produto até o local indicado, geralmente o gramado das casas e assim as férias de verão estão garantidas. Os alunos podem pedir quantos livros quiserem e a data de entrega ficou para o retorno das aulas, ainda indefinido.

Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.