Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Foto: Bigstock
Foto: Bigstock
Trabalho

Seis dicas para o trabalho não prejudicar sua vida em família

Não é fácil para atender às demandas de um mercado de trabalho exigente sem prejudicar a vida familiar.

É importante dar o nosso melhor no trabalho, compreendendo-o como um serviço à sociedade, um instrumento para o desenvolvimento pessoal e, claro, o meio de sustentar nossa família. Porém, é preciso ter cuidado para não deixar que o trabalho roube o tempo precioso que temos com nosso cônjuge e nossos filhos. Confira essas dicas para que isso não aconteça:

Três formas de agir com inteligência emocional no trabalho

Seja eficiente no trabalho

Uma das queixas mais frequentes entre pessoas com dificuldade para equilibrar o trabalho e a vida familiar são as horas-extras passadas no trabalho. Por isso, tente aproveitar da melhor forma possível a jornada de trabalho, mantendo toda sua concentração nas suas tarefas profissionais. Fazendo de cada minuto o mais produtivo o possível, as chances de você concluir suas atividades no horário estipulado e chegar em casa na hora esperada são muito maiores. Evite os pequenos “ladrões do tempo”, como reuniões mal preparadas, distrações na internet, excesso de conversas improdutivas etc.

Estabeleça prioridades

Se sua família é mais importante do que seu trabalho, porque não usar os artifícios que usamos para honrarmos importantes compromissos profissionais? Que tal passar a agendar data e hora para os planos familiares?  Aprenda a defender esses momentos e diga “não” a convites ou eventos de trabalho que sejam dispensáveis para a vida profissional, ou que coloquem em risco preciosos momentos da vida familiar. Você sempre poderá agradecer o convite, mas alegar que “sua agenda está lotada”

Não leve trabalho para casa

Apenas em circunstâncias extremas aceite fazer alguma tarefa do trabalho em casa. O ideal é desconectar-se totalmente ao chegar em casa. Isso significa, por exemplo, não verificar o e-mail profissional e o grupo do WhatsApp do trabalho para poder desfrutar da família. Levar trabalho para casa pode se converter em um hábito perigoso que vai, pouco a pouco, deteriorando a vida familiar.

Ausência do pai afeta a saúde dos filhos mais do que se imaginava, diz estudo

Compartilhe suas dificuldades

Não é justo chegar em casa mal humorado por causa de problemas no trabalho e não falar nada ao seu cônjuge. Compartilhe com seu marido ou sua esposa o que você está passando. Seu cônjuge é a pessoa mais apta a lhe escutar e aconselhar, já que deve ser quem melhor lhe conhece. Falar sobre o trabalho é bastante diferente de levar trabalho para casa, e pode evitar muitos conflitos. Se o cônjuge sabe pouco ou nada do que ocorre durante o seu expediente, ele provavelmente ficará desorientado quando você, eventualmente, se comportar de modo mais agressivo ou retraído, sem explicação.

Dedique tempo de qualidade à família

Aproveite o tempo em casa para realmente viver em família. Muitos pais e mães chegam em casa e mergulham na televisão ou na internet, deixando de dedicar-se ao filhos e ao cônjuge. A hora do jantar, por exemplo, deve ser um momento de encontro, em que todos os membros da família sentam-se à mesa para compartilhar a refeição e também as experiências vividas no dia. Também vale a pena colocar na agenda, ao menos uma vez na semana, atividades físicas, visitas a parentes ou passeios.

Momentos exclusivos para o cônjuge

Além do tempo dedicado à vida familiar, reserve momentos exclusivos para seu esposo ou sua esposa. Um programa a dois, sem os filhos e outras distrações, une o casal e o fortalece, o que resulta em benefícios para toda a família. Esse é outro tópico para sua agenda.

Com informações de LaFamilia

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga o perfil do Sempre Família no Twitter.

Leia também