Sono

Dormir tem lado certo para quem tem dores na coluna

  • Por Adriano Justino
  • 07/01/2021 09:01
Para a maioria das pessoas dormir de lado é a melhor opção, com um travesseiro entre as pernas.
Para a maioria das pessoas dormir de lado é a melhor opção, com um travesseiro entre as pernas.| Foto: Bigstock

Acordar com dores nas costas é uma realidade para muita gente, mas evitar é possível em muitos casos e apenas adquirindo novos hábitos, como mudar a posição de dormir. Apesar de a forma de se deitar não poder ser vista como causa exclusiva das dores na região lombar, dorsal ou cervical, ela pode influenciar caso hajam fatores associados, como problemas prévios de coluna.

Siga o Sempre Família no Instagram!

Cada caso de dor é um caso, mas o jeito mais “certo” de dormir, segundo Leandro Zen Karam, coordenador do curso de Fisioterapia da PUCPR, é aquele em que a coluna fica em maior estado de relaxamento. “A posição de lado é a que deixa a coluna neutra, sem sobrecarga e sem possibilidade de pinçamento nervoso, com a cabeça em travesseiro de altura adequada, ou seja, que cubra a distância entre a extremidade do ombro e as orelhas, deixando o pescoço estável e não torto, nem mais inclinado para um lado, nem para outro, o que pode gerar estresse. Em geral, essa posição fica ainda mais confortável com o quadril e pernas flexionadas”, diz ele.

A posição de lado pode influenciar um pouco mais positivamente nas dores, segundo o ortopedista Luiz Gustavo Dal Oglio da Rocha, da Clínica Artro, pois o peso do corpo fica bem distribuído entre os ombros e o quadril. “E ao se colocar um travesseiro entre as pernas melhora-se esse alinhamento e traz-se mais alívio à tensão da musculatura, que acaba sendo forçada quando uma perna está deitada sobre a outra nessa posição”, diz ele. O travesseiro deve ser fino, pois a elevação muito alta causa desconforto com o tempo. 

O travesseiro ente as pernas é boa estratégia pois além de evitar o desconforto de ficar tornozelo com tornozelo e joelho com joelho, segundo Karam, ao não utilizá-lo a pessoa compensa a pressão colocando um joelho mais para frente ou para trás, o que leva a coluna e o quadril a rodarem levemente. “O travesseiro entre as pernas faz com que quadril e a coluna fiquem ajustados, de modo mais neutro possível”.

Barriga para baixo é a pior posição

Segundo Rocha, a posição de barriga para cima ou para baixo pode acabar botando pressão na região lombar, exacerbando as dores.  Entretanto, ele afirma que há quem durma desses modos e durma melhor, podendo até mesmo ser solução para algum tipo de dor, já que as dores têm causas distintas.

Hipoteticamente, afirma Karam, dormir de bruços é a pior posição possível para dormir, por termos uma curvatura lombar natural, a chamada lordose lombar. “De barriga para baixo, por causa do volume muscular, aumenta-se essa curvatura. E se já há uma diminuição de espaço entre as últimas vértebras, diminuir ainda mais pode gerar espasmos musculares e dores no local”, diz. Se não for fácil mudar o hábito, o fisioterapeuta sugere ficar com o tronco um pouco mais rodado, inserir flexão em um dos quadris até que se faça a transição para a posição de lado.

Dormir de barriga pra cima também pode causar dores, a depender da altura do travesseiro. Se for alto demais, dormir assim faz com que a coluna cervical fique em posição de flexão, que favorece, pela força da gravidade, dificuldades na passagem de ar, causando apneia, ronco e um sono não revigorante, além de desconforto cervical. “Mesmo a coluna lombar, nessa posição, dependendo da densidade do colchão, pode ficar desconfortável por longos períodos”, diz Karam.

Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.