Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock
Crédito: Bigstock
Religião

Saiba o que foi discutido no Sínodo sobre a Família, dia após dia

Encontro reúne no Vaticano bispos de todos os continentes para debater os desafios da família no mundo contemporâneo

Desde o dia 24 de outubro, 270 autoridades católicas de todo o mundo se reuniram no Vaticano, com o papa Francisco, para o Sínodo sobre a Família, encontro religioso que discutiu a realidade e os desafios da instituição familiar no mundo contemporâneo. Estiveram em pauta alguns dos temas que geram mais controvérsia entre a Igreja e os segmentos mais secularizados da sociedade, como a questão dos anticoncepcionais, da homossexualidade e dos divorciados em segunda união. O evento, contudo, não tratou apenas de assuntos polêmicos.

Em outubro de 2014, o Sínodo Extraordinário sobre a Família definiu os temas a serem debatidos no encontro deste ano. Foram tratados, por exemplo, temas como o hábito difundido no ocidente de casais morarem juntos antes de se casar, mas também dramas típicos de outras regiões do mundo, como a poligamia e os casamentos arranjados entre famílias, em detrimento da vontade dos noivos.

Trazemos aqui uma compilação com as matérias publicadas no jornal paranaense Gazeta do Povo a respeito do tema. Confira nos links abaixo.

Clique aqui e saiba mais sobre o que é o Sínodo.

 

04/10 – Missa de abertura: Para defende casamento indissolúvel durante a homilia

O papa Francisco abriu o Sínodo dos Bispos sobre a família no dia 04 de outubro, com uma missa solene na Basílica de São Pedro. Em sua homilia, o pontífice falou de forma enfática a respeito da complementariedade entre homem e mulher e disse que a missão da Igreja é defender a indissolubilidade do casamento, mas sem fechar os olhos a situações dramáticas que afligem famílias em todo o mundo.

Leia a matéria completa.

 

06/10 – Francisco pede que Sínodo vá além de debate sobre comunhão dos divorciados

O papa Francisco quebrou o protocolo na manhã do dia 06 de outubro e fez um discurso surpresa. Em sua fala ele ressaltou o verdadeiro espírito do encontro. Francisco destacou, por exemplo, que a assembleia não serve para promover mudanças em relação ao pensamento sobre o casamento.

Leia a matéria completa.

 

07/10 – Sínodo debate catequese e toca em temas como acolhimento aos homossexuais

Embora não sejam temas centrais do Sínodo, o acolhimento aos homossexuais e divorciados esteve em pauta. Na coletiva de imprensa, os bispos que falaram com a imprensa revelaram a preocupação com o uso de uma linguagem adequada, capaz de “não ferir as pessoas”, mas acrescentaram que isso não pode interferir na fidelidade à doutrina.

Leia a matéria completa.

 

08/10 – Quarto dia de debates tem temas como imigração e perseguição aos cristãos

De acordo com os padres sinodais, a assembleia se desenvolve em clima de fraternidade e harmonia, sem debates acalorados e com a exposição de uma variedade de temas, entre os quais a perseguição aos cristãos, a imigração e o papel da mulher. Outro tema tratado na entrevista coletiva foi a introdução feita pelo húngaro Péter Erdo, relator-geral do Sínodo. Erdo afirmou que não há possibilidade de que os casais de segunda união tenham acesso à eucaristia, por considerar que não há espaço na doutrina para a readmissão aos sacramentos.

Leia a matéria completa.

 

10/10 – Igreja reafirma posição sobre ideologia de gênero

A crítica à ideologia de gênero esteve no foco dos debates. Os bispos reafirmaram que se trata de uma desconstrução da família, da masculinidade e da feminilidade. Eles destacaram também a grande diferença que há entre a legítima emancipação das mulheres e aquilo que prega a ideologia de gênero. Outros temas mencionados foram os casamentos inter-religiosos e a apresentação positiva da indissolubilidade do casamento.

Leia a matéria completa.

 

12/10 – Comunhão para casais de segunda união divide padres no sínodo

Os padres sinodais estão divididos em relação à readmissão ou não dos casais de segunda união à comunhão eucarística. Os bispos de língua espanhola e portuguesa disseram que é impossível separar a doutrina da pastoral. Eles falaram sobre a tendência de se fazer uma “pastoral permissiva”, cuja propagação, segundo eles, pode ser atribuída “à falta de formação da consciência”. Os prelados também sugeriram que seja feita uma catequese de preparação ao matrimônio, semelhante à que é aplicada antes da primeira comunhão e da crisma.

Leia a matéria completa.

 

13/10 – Padres comentam vazamento de suposta carta de cardeais

A notícia do suposto vazamento de uma carta privada que teria sido entregue ao papa Francisco, assinada por 13 cardeais participantes do Sínodo dos Bispos, com duras críticas à assembleia, foi o principal tema na coletiva de imprensa do encontro realizada no dia 13 de outubro. O porta-voz da Santa Sé, padre Federico Lombardi, reafirmou que quatro cardeais negaram a autoria da carta, mas não comentou a posição dos demais que aparecem na lista, gerando um clima de incerteza sobre a origem do documento, que teria sido entregue ao pontífice nos primeiros dias do sínodo.

Leia a matéria completa.

 

14/10 – Com críticas a texto-base e pedido de intervenção do papa, padres encerram segunda etapa do Sínodo

Os padres sinodais concluíram a segunda etapa do Sínodo dos Bispos sobre a família, no dia 14 de outubro, com críticas ao texto de trabalho da assembleia. Eles pedem uma intervenção direta do papa Francisco nas questões apresentadas no encontro, reforçando a doutrina da Igreja sobre a indissolubilidade do matrimônio e incentivando que ela adote uma linguagem de verdade e misericórdia, sobretudo nos temas mais delicados.

Leia a matéria completa.

 

15/10 – Casais de segunda união são tema de nova etapa de debates no Sínodo

O tema dos divorciados que voltam a se casar foi novamente tema de debates. Entre esta quarta e quinta, 93 participantes discursaram em plenário: uma parte defende que os casais de segunda união, após um período de acompanhamento, voltem a comungar e outra parte sugere que se encontrem vias pastorais sem necessariamente permitir o acesso aos sacramentos.

Leia a matéria completa.

 

16/10 – Sínodo abre espaço para leigos e membros de outras denominações cristãs

Muitas colocações dos leigos trataram de adoção, violência sexual, incesto e crises matrimoniais. Além disso, os 12 delegados-irmãos (membros de outras denominações cristãs) discursaram. O tema dos divorciados que voltam a se casar foi mencionado mais uma vez na sala sinodal.

Leia a matéria completa

 

20/10 – Discussões apontam que preparação para o matrimônio poderão ter mudanças

Os padres sinodais, tanto nas colocações em plenário quanto nos grupos linguísticos, têm insistido no tema da preparação dada ao noivos, antes do matrimônio, sendo um dos assuntos mais citados até agora.  Alguns bispos chegaram a sugerir que houvesse uma preparação prévia de seis meses antes do casamento ou que se criasse uma catequese semelhante à que é aplicada antes da primeira comunhão e do crisma.

Leia a matéria completa.

 

21/10 – Cardeais defendem comunhão a alguns casais de segunda união

A maioria dos bispos de língua alemã que participam do Sínodo dos Bispos sobre a família defende a readmissão aos sacramentos de alguns divorciados ‘recasados’. O círculo menor (grupo linguístico) formado por esses prelados pede ao Papa Francisco que cada caso seja avaliado, de modo que alguns casais de segunda união voltem a receber a comunhão.

Leia a matéria completa.

 

22/10 – Comissão finaliza esboço de relatório do Sínodo, mas mantém conteúdo em segredo

Envolto em mistério, o primeiro esboço do relatório final do Sínodo dos Bispos sobre a família foi entregue aos padres sinodais. Segundo os cardeais que participaram da coletiva com jornalistas nesta quinta-feira (22), o documento não trará respostas para todas as questões e “não será dirigido ao mundo”, mas será uma lista de reflexões entregue ao papa Francisco.

Leia a matéria completa.

 

23/10 – Relatório tratará de acolhimento a homossexuais

O tema aparece elencado na lista de desafios pastorais apontados pelo Instrumentum Laboris, o documento de trabalho do encontro, mas mal foi mencionado nos boletins publicados pela Santa Sé ou nas coletivas de imprensa promovidas diariamente pelo porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi.

Leia a matéria completa.

 

24/10 – Sínodo admite uso de “discernimento” para acolher fiéis divorciados na igreja

Bispos católicos reunidos no Sínodo sobre a Família, em Roma, concordaram em uma maior abertura da igreja em relação aos divorciados em segunda união, mas mantiveram a atual linha pastoral adotada em relação aos homossexuais. O documento com as decisões do encontro, que durou três semanas, foi divulgado neste sábado (24).

Leia a matéria completa.

 

25/10 – Papa celebra missa de encerramento do Sínodo

O Papa Francisco celebrou, neste domingo (25), a missa de encerramento do Sínodo dos bispos sobre a família, mas não fez referência, em sua homilia, às decisões que tomará após as sugestões apresentadas pelos padres sinodais, no último sábado (24), através do texto de conclusão da assembleia.

Leia a matéria completa.

 

Leia também