Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Divulgação/Família Real Britânica
Divulgação/Família Real Britânica
Virtudes e Valores

Rainha Elizabeth II visita adolescentes vítimas do atentado de Manchester

A rainha de 91 anos conversou com as vítimas, seus pais e com profissionais de dois hospitais da cidade inglesa.

A rainha do Reino Unido, Elizabeth II, visitou ontem (25/05) vítimas do atentado ocorrido na Manchester Arena na segunda-feira, durante o show de Ariana Grande. A monarca de 91 anos esteve em dois hospitais de Manchester: a Enfermaria Real, onde estão 19 vítimas, e o Hospital Infantil Real, que trata 14 crianças e adolescentes.

A rainha conversou com as vítimas, seus pais e com membros da equipe dos hospitais. Uma das adolescentes que segue internada no Hospital Infantil contou à rainha que foi de Harrogate para Manchester especialmente para ver o show. “Foi um presente de aniversário”, disse Evie Mills, de 14 anos. Elizabeth afirmou que considera Ariana uma “cantora muito boa”. “Ela canta muito, muito bem”, disse a rainha à garota.

Milionário vai pagar aluguel para mendigo que ajudou vítimas no atentado de Manchester

Millie Robson, de 15 anos, contou à monarca que tinha ganho dois ingressos vips e chegou a se encontrar com a cantora no camarim. Segundo o jornal The Guardian, a maioria dos pacientes que segue no hospital tem idade inferior a 16 anos. “O horror é que eram todos tão novos”, lamentou a rainha.

O atentado deixou 22 mortos e 116 feridos. No momento 75 pessoas, das quais 23 estão em cuidado intensivo, ainda estão internadas em oito hospitais da região, segundo o Serviço Nacional de Saúde do país.

No dia seguinte ao atentado, Elizabeth já tinha publicado uma mensagem em que expressou sua compaixão pelas famílias das vítimas e agradeceu aos serviços de emergência. “Gostaria de expressar minha admiração pelo modo como a população de Manchester respondeu, com humanidade e compaixão, a esse ato de barbárie”, escreveu ainda a rainha.

A primeira vez em que Elizabeth se dirigiu publicamente a crianças afetadas por catástrofes foi em 1939, em seu primeiro discurso no rádio, quando tinha 14 anos. “Todos nós sabemos que no final tudo vai ficar bem, porque Deus vai cuidar de nós e nos dar a vitória e a paz. E quando a paz vier, lembrem-se, será para que nós, as crianças de hoje, façam do mundo de amanhã um lugar melhor e mais feliz”, disse a então princesa a crianças expulsas de suas cidades e separadas de suas famílias por ocasião do início da II Guerra Mundial.

 

 

Com informações de The Guardian, CNN e Vanity Fair.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

Leia também