Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
papa e monica
Cultura

Papa Francisco vira personagem da Turma da Mônica em nova publicação

História em quadrinhos faz parte da coleção que já levou os personagens de Maurício de Sousa ao Santuário de Aparecida e ao Círio de Nazaré, em Belém.

O Papa Francisco vai virar personagem da Turma da Mônica. É o que vai acontecer pelo menos na edição especial publicada no formato de livro infantil e que será lançada oficialmente no dia 03 de setembro, na Bienal do Livro, em São Paulo.

Este inusitado encontro faz parte da série “Turma da Mônica Visita”, a mesma coleção que já levou Mônica, Cebolinha e seus amigos a outros destinos religiosos importantes para católicos no Brasil, como ao Santuário de Aparecida (SP), à cidade de Trindade (GO) e à festa do Círio de Nazaré, em Belém (PA).

A publicação é uma parceria da Maurício de Sousa Produções e a editora Santuário.

Espíritas

A Maurício de Sousa, contudo, aposta em novidades que atraiam diferentes segmentos religiosos, por isso, na mesma ocasião, ocorre o lançamento de Magali em Outras Vidas, história de inspiração espírita, publicado em parceria com a editora Boa Nova.

Na narrativa, Magali conhece um garoto na praia os dois se dão tão bem que chegam até a pensar que se conhecem de vidas passadas. O livro, escrito e ilustrado por Mauricio de Sousa, tem como consultores Luis Hu Rivas e Ala Mitchell, que propuseram transformar a história Reencarnação, publicada originalmente em quadrinhos no ano de 2004, neste novo formato.

Aborto

Coincidência ou não, os lançamentos ocorrem poucos meses depois da Turma da Mônica ter se tornado alvo de críticas por parte de religiosos devido às postagens polêmicas nas redes sociais envolvendo o tema aborto.

Em junho, a página oficial da Revista da Turma da Mônica Jovem postou uma imagem da personagem Mônica gritando a frase “meu corpo, minhas regras”, uma espécie grito de guerra, comumente usado por grupos feministas ao exigirem o direito pelo aborto livre. Embora a imagem fizesse parte de uma história que tratava do uso de aparelho ortodôntico, foi postada na página oficial da revista de forma isolada, fora de contexto, despertando acaloradas discussões. Clique aqui e entenda o caso.

Leia também