Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Irina Bevza
Irina Bevza
Educação dos filhos

O que é um painel sensorial e como fazer um para seu bebê

Com objetos fáceis de encontrar em casa, você pode criar um recurso que ajudará no desenvolvimento da coordenação motora do seu filho

Para que um bebê possa conhecer e descobrir o mundo ao seu redor, ele conta com aliados fundamentais: os sentidos. Olfato, paladar, tato, visão e audição passam a reconhecer estímulos e sensações novas, bem diferentes daquelas que estavam acostumados no conforto da vida intrauterina.

Segundo a pedagoga Estephany Zerger, até os 2 anos de idade a criança estará no estágio sensório motor. Tudo o que está em sua volta pode se tornar uma experiência de aprendizado. “É nessa fase que os diversos estímulos externos aguçarão principalmente a coordenação motora da criança”, explica a pedagoga.

O famoso método Montessori, que incentiva a autonomia da criança e o seu desenvolvimento natural, sugere uma atividade que vem sendo utilizada por muitos pais: o painel sensorial. A proposta é criar um quadro com diferentes texturas e funcionalidades para que a criança possa receber os estímulos motores enquanto brinca.

É importante pensar no painel conforme a faixa etária da criança. Para os bebês, o ideal é que se utilize somente diferentes texturas, enquanto para crianças acima de 2 anos, o que mais lhe ajudará no seu desenvolvimento são os objetos com funcionalidades diferentes.

O painel pode ser feito com uma placa fina de madeira ou até mesmo com papelão. Você pode colar os objetos na superfície que escolheu ou prender com um lacre (como nas caixas de brinquedo).

Confira os objetos que você precisa para montar um painel sensorial em casa:

Para bebês:

– placa fina de madeira (ou papelão)

– cola quente ou lacre

– esponja

– lixa

– saquinhos com gel

– lã

– barbante

– plástico bolha

– algodão

– pedaços de tecido

Para chamar a atenção dos bebês, a pedagoga sugere usar cores fortes. É essencial também que se tome os cuidados necessários. “Quanto menores as crianças que utilizarão o painel, mais cuidado devemos ter com o tamanho dos objetos e com a colagem deles, assegurando que não se soltarão, para não serem ingeridos”, alerta Estephany.

Para crianças acima de 2 anos:

– placa fina de madeira (ou papelão)

– cola quente ou lacre

– zíper

– botões (com casinhas para a criança abotoar)

– tampas (para serem rosqueadas)

– interruptor

– ganchos

Esses objetos estimulam a coordenação motora fina, que é essencial na hora da escrita, por exemplo.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também