Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Reprodução/Twitter Welsh Ambulance Service
Reprodução/Twitter Welsh Ambulance Service
Virtudes e Valores

Menino de 4 anos salva a vida da mãe chamando ambulância pelo assistente virtual do celular

Usando a ativação por voz do celular da mãe, Beau Austin conseguiu falar com o serviço de emergências da cidade

Crianças costumam lidar facilmente com a tecnologia e não são raras as vezes em que usam essa habilidade para ajudar-se a si mesmo ou pessoas próximas. Desta vez, um menino de quatro anos conseguiu ajudar a mãe que, grávida e tomando medicamentos especiais, acabou desmaiando quando os dois estavam sozinhos em casa. E o que ele fez? Acionou o serviço de emergências da sua cidade, por meio do assistente virtual do celular dela.

“Ei, Siri! Chame uma ambulância”, disse Beau Austin ao assistente do iPhone que fez uma chamada ao serviço de emergências de Hook, uma vila da cidade de Pembrokeshire, no País de Gales. A mãe, Jess Austin, de 29 anos, tem tomado remédios especiais para controlar os enjoos da gravidez e os efeitos colaterais a fizeram desmaiar naquela manhã.

Quando a chamada de Beau foi atendida por Ashley Page, ele contou ao atendente que a mãe estava doente. Percebendo que o menino estava sozinho em casa com Jess, Ashley mudou o procedimento padrão de emergências e começou a dizer o que ele deveria fazer. Em uma linguagem mais acessível, conseguiu que Beau dissesse o endereço de casa e então mandou uma ambulância.

Ela tem apenas 3 anos e salvou a vida do pai com uma chamada de vídeo pelo celular

Durante o período de espera, Jess recobrou os sentidos e conseguiu confirmar para Ashley os dados passados pelo filho. Mas novamente desmaiou e então Beau e Ashley continuaram em contato até que a ambulância aparecesse no local. “Fiquei muito orgulhosa dele. Se Beau não estivesse comigo, algo horrível poderia ter acontecido”, disse Jess, confessando que nem ela mesmo sabe lidar bem com a assistente virtual.

Mas apesar de ter apenas quatro anos, Beau é bastante familiarizado com esse tipo de tecnologia, e segundo sua mãe, adora conversar com dispositivos como a Siri, do iPhone e a Alexa, da Amazon. “Ele disse que viu isso antes na TV”, contou Jess, ao explicar ao Daily Mail como o menino sabia que era possível fazer chamadas de emergência dessa forma.

A atitude de Beau se tornou um exemplo em toda a cidade e lhe garantiu ainda um certificado de bravura, entregue pelo serviço de emergência do País de Gales. “Foi o conhecimento de Beau em tecnologia e do endereço de casa, e também sua calma, que fizeram a diferença e ajudaram a sua mãe a nós”, lembrou Ashley.

Além disso, a diretora da escola em que Beau estuda já faz planos de desenvolver atividades que ensinem aos pequenos sobre como reagir em situações de emergência. “Estamos muito orgulhosos do que Beau fez”, contou Louise John. “Com o apoio da Welsh Ambulance Service vamos ensinar as nossas crianças a importância de conhecer seu próprio endereço e também algumas habilidades de primeiros socorros”, completou.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-no no Twitter.

 

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também