Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Atualidades

Itália pode punir com 7 anos de cadeia pais que impõe dieta vegana aos filhos

Projeto de lei quer criminalizar o ato de impedir que crianças comam alimentos de origem animal, como carne, ovos e leite

Um projeto de lei proposto na Itália pretende tornar crime o ato de pais imporem aos filhos uma dieta vegana, ou seja, impedindo-os de comer qualquer alimento que tenha origem animal, como carne, ovos e laticínios. A proposta, de autoria da parlamentar Elvira Savino, do partido conservador Forza Italia, prevê pena de até sete anos de prisão a quem cometer o crime. Os pais seriam responsabilizados por insistir em “dieta desprovida de elementos essenciais para o crescimento saudável e equilibrado”.

“Eu não tenho nada contra os veganos e o veganismo, desde que seja uma escolha livre dos adultos”, disse Elvira, em entrevista à Reuters. Ela chamou de “fanática” a prática de alguns pais em obrigarem seus filhos a uma dieta que médico algum recomendaria a crianças.

As penas impostas aos pais infratores seriam gradativas, começando com um ano de cadeia por criar um filho sob dieta vegana, subindo para até quatro anos se a criança desenvolver algum problema de saúde permanente. Caso a criança venha a falecer devido a problemas de saúde causados por deficiência em nutrientes, os pais seriam punidos com sete anos de prisão.

A legislação italiana considera crianças os menores de 16 anos, sendo que a pena pode ser aumentada se ela tiver menos que três anos.

Em 2015, a justiça italiana ordenou que uma mãe divorciada suspendesse a dieta vegana que impunha ao filho de 12 anos, após o pai ingressar com uma ação alegando que a prática prejudicava o crescimento do menino.

Leia também