Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Arquivo pessoal
Arquivo pessoal
Virtudes e Valores

Grafiteiro responde a mensagens depressivas escritas em banheiro feminino de escola pública

“Quem escreve, está colocando para fora, então nossa intenção foi mostrar para elas que alguém enxergou”, disse o grafiteiro Samuel Freiria

Na parede do banheiro em que uma aluna escreveu “se todo mundo desiste de mim, por que eu não posso?”, o grafiteiro Samuel Freiria, de 46 anos, respondeu: “Porque você é especial para alguém”. Essa intervenção aconteceu, no último domingo (22), na escola Estadual Maria Pia Silva Castro, em Franca (SP). É que esse desabafo, entre outras mensagens de incitação ao suicídio, preocupou a direção da instituição de ensino.

Além dessa resposta cheia de carinho, ele grafitou as portas do banheiro com várias cores e outras frases motivacionais como “Você é incrível” e “Você é corajosa”. “Quem escreve, está colocando para fora, então nossa intenção foi mostrar para elas que alguém enxergou”, afirmou Freiria, ao Sempre Família.

Como ajudar alguém que já cogitou suicídio a valorizar a própria vida

A ação social aconteceu em pleno Setembro Amarelo e comoveu muitas pessoas. Há duas semanas, esse foi um tema discutido pelos alunos e professores da escola, mas ninguém conseguiu relatar nenhum problema até se depararem com essas mensagens. “A arte tem essa capacidade! Consigo transmitir muitas mensagens boas com o grafite”, diz. “Durante essa semana, recebi mensagens de meninas que até sofreram estupro”, comenta Freiria.

Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Segundo a vice-diretora da escola, Juliana Vieira, o trabalho realizado pelo grafiteiro superou todas as expectativas e gerou o impacto esperado. “A arte ficou linda. O resultado ficou muito mais do que a gente imaginava. Além das frases, ele teve a ideia de manter um espaço para que elas colassem mensagens de autoestima para as colegas. Elas ficaram emocionadas e agradeceram muito”, explica a diretora.

Em uma das mensagens, o grafiteiro destacou “depressão não é frescura. Fale, escreva, escute.” Para Freiria, esse assunto precisa ser abordado cada vez mais, especialmente no ambiente escolar. “A quantidade de mensagens que recebi mostra a necessidade de abertura”, observa. Segundo Juliana, a iniciativa transformou o dia das meninas. “Os depoimentos delas são unânimes: elas se sentem mais seguras para falar e quando entram no banheiro e se deparam com as mensagens ganham uma injeção de ânimo”, finaliza Juliana.

Outras iniciativas

Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

A vice-diretora disse que deseja fazer algo com os meninos agora, mas o tema trabalhado será escolhido ainda. “Provavelmente será o respeito às mulheres”, conta Freiria, que atua como grafiteiro há cinco anos. Outro trabalho dele que ganhou reconhecimento da população de Franca recentemente foi realizado na Delegacia da Mulher do município paulista. “A ideia é deixar o espaço mais leve e não tão pesado como sugere uma delegacia. Trabalhei oito ambientes para decorar o local. Não existe nada nesse padrão no Brasil”, valoriza.

Agora, Freiria terá a oportunidade de mostrar seu trabalho em uma galeria de Paris, na França, no mês de outubro, e comemora a repercussão que suas pinturas no banheiro da escola teve nas redes sociais. “Vai ser a primeira experiência fora do país”, conclui.

***

Recomendamos também:

***

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook Twitter | YouTube

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também