Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Reprodução/ YouTube
Reprodução/ YouTube
Virtudes e Valores

“Ele merece uma vida melhor”, diz professora ao adotar ex-aluno de 30 anos, com deficiência intelectual

Quando os policiais pediram a Barrington o contato de um familiar que lhe prestasse socorro ele só lembrou do nome da ex-professora

Uma deficiência intelectual incapacita o norte-americano Chris Barrington, de 30 anos, de socializar. Ele tem a capacidade mental de uma criança de seis anos e, por conta dessas limitações, sempre precisou dos cuidados da família desde a infância. No entanto, seu pai foi diagnosticado com leucemia e há dois meses acabou morrendo, deixando Barrington sozinho e vagando pelas ruas de Gatesville, no Texas.

O bem que só o acolhimento familiar faz: conheça a história da fundadora do Instituto Geração do Amanhã

A vida de Barrington parecia uma sucessão de desventuras, até que ele foi encontrado por dois policiais há algumas semanas. Para conhecê-lo melhor e entender o que se passava, os oficiais perguntaram por sua família e quem poderiam chamar. Ao pedir um número de telefone que pudessem ligar, Barrington não se lembrava de ninguém, até dar uma resposta que foi surpreendente.

O único nome que veio à sua memória foi Michell Girard. O problema é que não existe qualquer parentesco entre os dois e eles não se falavam há anos. É que Michell foi professora de Barrington durante quatro anos, na Gatesville Junior High School. E por algum motivo, seu trabalho foi tão importante na vida do texano, que foi a sua primeira lembrança no momento de necessidade.

Ao ser avisada pela polícia local sobre Barrington, Michell prontamente o recebeu em casa.“Ele merece uma vida melhor”, disse a professora que tem proporcionado ao ex-aluno todas as experiências que lhe faltaram durante a vida. Inclusive, Michell tem feito o possível para adotá-lo e assim manter os cuidados necessários para a qualidade de vida dele.

Primeira festa de aniversário

Enquanto esperam a conclusão do processo de adoção, Michell, que já tem Barrington como filho, lhe deu uma festa de aniversário, para comemorar a nova vida. Parece algo simples, mas o fato é inusitado na vida dele. “Ele nunca teve uma festa de aniversário, de Natal ou Ação de Graças. Nada. Ele nunca ganhou presentes. Então, este ano vai ser cheio de novidades”, contou a animada professora ao canal KWTX

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também