Estrutura

Proporcionar aos filhos uma infância segura pode garantir um futuro de sucesso

  • Por Equipe Sempre Família
  • 26/01/2021 19:45
Hábitos como brincar ao livre, jantar em família, ter responsabilidades e ser grato podem ser decisivos na vida de uma criança.
Hábitos como brincar ao livre, jantar em família, ter responsabilidades e ser grato podem ser decisivos na vida de uma criança.| Foto: Charlein Gracia/Unsplash

Crianças alegres, que crescem em ambientes saudáveis, têm mais chances de terem sucesso na vida. Mas como fazer isso no mundo de hoje? Educar uma criança não tem a ver com prazeres momentâneos ou gratificações imediatas. Na verdade, é o oposto disso.

Siga o Sempre Família no Instagram!

O ideal é fazer com que os filhos tenham habilidades que os permitam desfrutar de felicidade duradoura e torná-los capazes de ver o futuro para que alcancem objetivos. Baseado numa lista publicada no site norte-americano Verywell Family, aqui vão algumas dicas para ajudar você a criar filhos felizes, possibilitando um futuro de sucesso.

Mais brincadeiras ao ar livre e menos tempo de tela

Não subestime o poder de atividades como correr na grama, subir em árvores, sentar em um balanço e cavar na terra. Cheiros relacionados à natureza, como pinheiro, grama cortada e lavanda, por exemplo, podem melhorar o humor. Incentive seu filho a ler um livro ou fazer o dever de casa ao ar livre. É o suficiente para um momento de felicidade.

Um estudo publicado em 2017 pelo Journal of Science and Medicine in Sport concluiu que crianças que passam mais tempo brincando ao ar livre têm mais empatia, envolvimento e autocontrole, habilidades sociais essenciais. Elas também tendem a ter relacionamentos mais saudáveis. Outro estudo, publicado pelo American Journal of Public Health, descobriu que crianças com melhores habilidades sociais têm duas vezes mais chances de frequentar a faculdade e menor probabilidade de sofrer com abuso de substâncias, obesidade e violência.

Já o hábito de passar horas jogando vídeo game pode deixar seu filho feliz por um momento, mas isso pode afetá-lo psicologicamente. A revista Emotion publicou um estudo de 2018 afirmando que adolescentes que gastam menos tempo em aparelhos eletrônicos e mais tempo praticando exercícios, fazendo dever de casa ou em atividades religiosas são mais felizes.

Então imponha limites. Se seu filho tiver um celular, oriente sobre o tempo em que ele pode passar mexendo no aparelho e os momentos em que pode fazer isso. A dica também se aplica ao tempo assistindo televisão ou em frente ao computador. E, claro, seja um exemplo para ele.

Ensine sobre domínio próprio

Deixar a lição de casa de lado para se divertir com os amigos ou assistir à televisão, comer alguma guloseima são prazeres que fazem bem somente por um momento. Não ter autocontrole dói mais do que ajuda.

Um estudo publicado pelo Journal of Personality destaca que pessoas com domínio próprio são mais bem-humoradas. Curiosamente, no entanto, os pesquisadores notaram que as pessoas com melhor autocontrole também não se colocam em situações tentadoras com tanta frequência quanto as outras.

Ensine autodisciplina a seu filho desde cedo: não mexer no celular enquanto estiver fazendo atividades da escola, por exemplo; abastecer a geladeira com alimentos saudáveis e deixar os doces em armários mais difíceis de alcançar; colocar os aparelhos eletrônicos na sala antes de dormir, para que ninguém fique tentado a usá-los quando estiver na cama.

Atribua tarefas

Por mais que os filhos não amem arrumar a cama ou lavar a louça, é importante que tenham responsabilidades desse tipo.

Crianças de 3 e 4 anos já podem receber essas tarefas, o que significa que podem ter mais sucesso a longo prazo, de acordo com um artigo publicado pela Universidade de Minnesota. O sentimento de que contribuem com a casa as faz sentir uma maior conexão com a família, o que pode ajudar a ficar mentalmente forte em situações difíceis.

Tarefas domésticas também ensinam várias lições de vida, como responsabilidade e senso de comunidade.

Jantem juntos

Por mais que seja fácil pedir comida e cada um jantar na hora em que achar melhor, fazer as refeições em família é essencial para criar filhos felizes. Esses momentos têm relação direta com o bom humor dos adolescentes, afirma um estudo publicado pelo Journal of Pediatrics and Child Health.

Tomar café da manhã, almoçar ou jantar em família promove a saúde de todos. Crianças que comem com os pais têm menos chance de ficar acima do peso ou de apresentar distúrbios alimentares, assim como se tornarem adolescentes com problemas de comportamento.

Não se preocupe se não consegue fazer todas as refeições junto dos filhos. Algumas noites por semana já são suficientes. Mas quanto mais, melhor.

Não mime demais seus filhos

Crianças excessivamente mimadas tendem a experimentar sentimentos de descontentamento crônico além de pensar que a felicidade provém de bens materiais.

Resista ao impulso de dar aos seus filhos tudo o que eles querem. Mesmo que eles insistam, não são os aparelhos eletrônicos de última geração nem as bicicletas mais modernas ou o último lançamento de vídeo game que trarão felicidade.

Dê a eles a chance de ganhar privilégios. Eles apreciarão muito mais se precisarem trabalhar duro para conseguir algo. Concentre-se mais em experiências do que em coisas.

Façam exercícios em família

Seja uma caminhada noturna ou uma série de exercícios na sala de casa, todos ficarão felizes em participar. O Journal of Happiness Studies publicou um estudo em que se concluiu que não importa o tipo de atividade física, todos geram um aumento na felicidade.

Mesmo que seu filho se exercite na escola ou com os amigos nos fins de semana, se manter ativo com ele ajuda a criar laços e memórias positivas, ingredientes importantes para a felicidade.

Incentive-os a serem gratos e ajudar os necessitados

Ser grato pode ajudar as crianças a se tornarem pessoas mais felizes e saudáveis. Entenda, porém, que você deve ser sincero. Forçar um agradecimento não tem os mesmos efeitos.

Expressar gratidão pelas coisas que seus filhos fazem é uma ótima forma de dar um bom exemplo para eles. Criar esse hábito em família ajuda as crianças a aprenderem a procurar motivos pelos quais podem agradecer diariamente. Você também pode incentivá-las a escrever bilhetes como forma de agradecer a atitude de alguém.

Além disso, mostre a eles a importância de acolher os mais necessitados. Vários estudos relacionam a felicidade ao altruísmo. É um ciclo positivo: ser gentil com os outros torna os filhos felizes e felicidade torna-os gentis.

E há muitas maneiras de envolver os filhos em comportamentos altruístas. Desafie todos na família a fazer um ato de bondade por dia e compartilhar essa experiência durante o jantar. Ou então escolham uma instituição para fazer trabalho voluntário. Em poucos dias já vai ser possível notar os efeitos positivos de atitudes genuinamente altruístas.

Por fim lembre-se que as crianças não serão felizes o tempo todo. Elas também precisam aprender a lidar com emoções desagradáveis e frustração. Oriente seus filhos e ajude-os a encontrar maneiras de se acalmarem e lidarem com os sentimentos. A melhor coisa a fazer é dar um ambiente amoroso à família. Crianças amadas e bem cuidadas têm mais chances de prosperar.

Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.