Disciplina

7 maneiras de fazer com que seu filho pare de mentir

  • Por Equipe Sempre Família
  • 04/09/2020 09:20
Ainda a mentira do filho pareça inofensiva, ela prejudica a relação familiar, pois a honestidade é a base para uma boa convivência
Ainda a mentira do filho pareça inofensiva, ela prejudica a relação familiar, pois a honestidade é a base para uma boa convivência| Foto: Janko Ferlič/Unsplash

Que pai ou mãe nunca perguntou ao filho se ele já escovou os dentes e, mesmo depois de uma reposta afirmativa, pediu para cheirar o hálito da criança só para conferir? Ainda que esse teste seja extremamente comum, ele mostra que o pequeno costuma mentir, pois seus pais não acreditam totalmente no que ele diz e precisam confirmar se é verdade.

O problema é que, ainda que isso pareça inofensivo, prejudica a relação familiar, pois a honestidade é a base para uma convivência harmoniosa. Então, “quando uma criança mente, a confiança é quebrada e os relacionamentos sofrem”, afirma o especialista em educação de filhos, Scott Turansky.

Autor de diversos livros e palestrante conhecido nos Estados Unidos, o norte-americano explica que as técnicas de disciplina comuns não ensinam os filhos a dizer a verdade. Por isso, ele apresenta algumas dicas que podem ajudar nessa tarefa. Saiba quais são as sugestões e nos conte se elas deram certo na sua casa.

  1. Ensine a diferença entre verdade e fantasia

    O primeiro conselho é ajudar os pequenos a diferenciar o que é real daquilo que não é. Para isso, Turansky garante que a melhor estratégia é exercitar a imaginação deles, pois assim identificarão o que é fantasia, já que eles inventarão a história e saberão que ela não aconteceu.  
  2. Interrompa a criança ao perceber que ela está mentindo

    Também é importante estar atento ao que o filho está contando e interrompê-lo ao perceber alguma informação duvidosa. Isso porque, “às vezes, a criança simplesmente começa e não consegue parar”, pontua o especialista, que orienta os pais a pedirem que os pequenos pensem por um minuto no que aconteceu e, então, relatem o fato novamente. “Diga que gostaria de ouvir as coisas que ele sabe com certeza separadas daquelas que ele pensa”.
  3. Para filhos impulsivos, use um plano de autodisciplina

    Crianças impulsivas ou hiperativas costumam falar coisas sem pensar e nem sempre controlam o que estão dizendo, o que pode levar à desonestidade sem que percebam isso. Então, é necessário treinar a autodisciplina delas em outras situações, como na hora de dormir ou de comer, por exemplo. Assim, terão autocontrole em suas ações e será bem mais fácil dizer a verdade.
  4. Dê à criança o benefício da dúvida

    Acreditar em alguém requer confiança. Por isso, o autor norte-americano sugere aos pais que expliquem ao filho o motivo de estarem duvidando dele. “Diga que você gostaria de acreditar no que está ouvindo, mas que não pode até que ele ganhe esse privilégio”. Inicialmente, a criança pode ficar magoada, mas essa dor é consequência da mentira e ajudará o pequeno a pensar duas vezes antes de dizer algo inverídico na próxima vez.
  5. Incentive o arrependimento

    Ainda que seja difícil no início, a criança que é confrontada com o fato de que está mentindo deve concordar imediatamente e pedir desculpas. Então, se seu filho permanecer na defensiva, argumentar ou se justificar com técnicas de manipulação, mostre que ele precisa assumir sua responsabilidade e use pausas com momentos de silencio em sua fala para motivar a criança a pensar a respeito do que disse e se arrepender.
  6. Suspenda a disciplina se a criança responder à correção

    Segundo Turansky, outra maneira de incentivar a criança a não mentir é suspender a disciplina que seria aplicada a ela quando se arrepender e disser a verdade. No entanto, essa é uma abordagem temporária para ensinar uma resposta adequada à correção, e não deve se tornar constante.   
  7. Mostre o que é honestidade

    Por fim, fale da importância de ser honesto, conte histórias a respeito dessa virtude e, principalmente, seja exemplo no dia a dia. Afinal, não adianta falar para a criança ser verdadeira se você a incentivar a dizer para alguém ao telefone que você não está em casa. Ser coerente é essencial.
Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.