Crianças perderam os pais biológicos em um grave acidente de carro. Pam, a mãe adotiva, viu a história nas redes sociais
Pam e Gary já estavam se preparando para a aposentadoria quando decidiram adotar as crianças.| Foto: Reprodução/Instagram Second Chance 7

“Nosso ninho vazio, uma vez preenchido com cinco, tem sete novas adições com uma segunda chance de prosperar. Apenas me chame de mãe”, diz a bio do perfil de Pam Willis no Instagram.

Siga o Sempre Família no Instagram!

Ela e o marido adotaram sete crianças que viviam em um orfanato de San Diego, na Califórnia (EUA), depois de terem perdido os pais em um grave acidente. “Todos nós estávamos no carro. Meu irmão quebrou o pé e eu quebrei o joelho”, contou Azaura, de 11 anos, ao portal de notícias CBS8.

Pam ficou sabendo da história enquanto navegava pelo Facebook. “A notícia apareceu no meu feed. Não podia parar de olhar para aqueles rostos. Não consigo explicar, mas eu simplesmente sabia que seria mãe deles”, declarou ao Today.

Processo

Pam lembra que marcou o marido na publicação, para que ele também lesse a reportagem, sem saber ao certo como Gary reagiria. “Achei que ele fosse me dizer que eu estava louca. Estávamos nos preparando para nos aposentar. Mas, ele se sentiu exatamente da mesma maneira que eu. Era o que Deus queria que fizéssemos”, garante a mãe adotiva.

Rapidamente, Pam e Gary ligaram para o orfanato em que as crianças estavam, mas foram surpreendidos pela notícia de que já havia outras famílias interessadas em adotá-los. Era preciso esperar.

Dois meses se passaram e após várias análises do perfil dos interessados, o casal pode receber os novos filhos. “Eles tinham passado por muitos traumas. Seus pais biológicos lutavam contra o vício e a família muitas vezes vivia em acampamentos. A comida para eles era escassa. Foi fácil me conectar com os menores. Os dois mais velhos eram um pouco mais resistentes”, recorda Pam.

Adoção oficial ocorreu no começo de agosto do ano passado. Foto: Reprodução/Instagram Pam Willis
Adoção oficial ocorreu no começo de agosto do ano passado. Foto: Reprodução/Instagram Pam Willis

A mãe adotiva lembra, inclusive, de uma vez em que uma das meninas, de 7 anos, entrou no quarto deles durante a noite. “Eu perguntei a ela: 'Você teve um pesadelo, querida?' E ela respondeu: 'Não, eu só queria ter certeza de que vocês ainda estavam aqui.' ”

Cerimônia

Em agosto do ano passado, Gary e Pam oficialmente adotaram Adelino , de anos, Azaura, Aleecia e Antonio, de 6 anos, Aubrey, de 4 anos, Angel, de 3 anos e Alexander, de 2 anos. A cerimônia online foi acompanhada pelos cinco filhos biológicos do casal: Matthew (32), Andrew (30), Alexa (27), Sophia (23) e Sam, de 20 anos.

“Foi incrível. Trouxemos uma grande tela de TV para o parque para que todos pudessem assistir, torcer e estar seguros [durante a pandemia de Covid]. Havia muito amor”, concluiu.

O perfil de Pam no Instagram também recebeu outro nome: segunda chance 7. “Eles nos deram uma segunda chance de sermos pais e nós demos a eles uma segunda mãe e um segundo pai. Eles são nossa segunda chance 7”, explicou.

semprefamilia

Deixe sua opinião