3% de chance de sobreviver

Bebê nasce com menos de 1 kg, durante lockdown britânico, sobrevive e supera expectativas

  • Por Equipe Sempre Família
  • 30/06/2020 17:24
Em 12 semanas de vida, Oliver passou por uma cirurgia para remover 2,5 centímetros do intestino para receber uma bolsa de colostomia
Em 12 semanas de vida, Oliver passou por uma cirurgia para remover 2,5 centímetros do intestino para receber uma bolsa de colostomia| Foto: Reprodução/ Facebook Ethan Ryan

Foram dois longos meses de espera até que Ethan Ryan, de 29 anos, e sua esposa France, de 24, pudessem pegar o filho no colo. O bebê nasceu prematuro durante a primeira semana de isolamento social no Reino Unido, por conta da pandemia do novo coronavírus. Oliver Cash Lowther Ryan está sendo chamado de “Rocky” (como Rocky Balboa de Sylvester Stallone) por sua incrível história de luta pela vida.

A gestação durou apenas 23 semanas. Oliver chegou ao mundo no dia 26 de março pesando menos de 1 kg e medindo apenas 7 centímetros. Os pais contam que ele era menor do que um controle remoto de televisão. "Ele nasceu fraco e era muito, muito pequeno, mas deu um gritinho e os médicos sabiam que ele tinha uma chance", contou a mãe ao The Sun.

O primeiro sinal de problemas durante a gravidez começou com 22 semanas e quatro dias, quando Frances foi internada às pressas no Hospital Medway, no condado de Kent. “Os médicos me colocaram em uma cama em ângulo, de modo que minhas pernas estavam mais altas que minha cabeça para deixar a gravidade fazer seu trabalho e manter o bebê no útero", lembra.

Segundo Frances, os médicos disseram que o bebê não era “viável”. “Nós sabíamos o que eles queriam dizer. Os médicos esperavam que ele ficasse no útero até que se desenvolvesse ainda mais", afirma. Eles deram medicamentos à mãe para ajudar a acelerar o desenvolvimento dos pulmões e do coração do bebê, mas apenas dois dias depois ela entrou em trabalho de parto.

“Enquanto estava em trabalho de parto, um médico me disse que ele só tinha 3% de chance de sobrevivência. Restrições rigorosas no hospital, por conta da Covid-19, entretanto, limitavam o tempo que os pais podiam estar com ele. Em nenhum momento Ethan e France tiveram permissão para ver Oliver juntos.

Sobrevivente

Em suas 12 semanas de vida, Oliver passou por uma cirurgia para remover uma polegada do intestino após sofrer uma perfuração e também para receber uma bolsa de colostomia. Uma terceira operação em uma válvula cardíaca foi descartada quando ela se recuperou sozinha. O corajoso bebê também venceu a sepse abdominal.

Várias máquinas foram necessárias para mantê-lo vivo. Em um estágio, Oliver estava usando três tipos de ventilador, com drivers de seringa administrando drogas automaticamente. Ele também tinha uma cânula nos braços e pernas e uma inserida na testa porque não havia espaço em nenhum outro lugar.

Espírito guerreiro

“Estamos muito orgulhosos dele por ter enfrentado todos os desafios que enfrentou até agora. Nós fomos levados três vezes à uma sala pelos médicos e instruídos a nos preparar para o pior. Cada vez que enfrentamos o fato de que ele poderia morrer, cada vez mais ele conseguiu sobreviver", disse o pai ao The Sun.

Ethan é um grande fã de Johnny Cash e queria batizar o filho em homenagem a seu ídolo. Mas Frances só permitiu que ele usasse o sobrenome do cantor. Nesta semana, os médicos marcaram para 23 de julho a alta do bebê. Oliver deve continuar com o tratamento em casa e precisará ser acompanhado por um grupo de especialistas.

Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.