Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock.
Crédito: Bigstock.
Religião

Conheça o Hanukkah, celebração judia que acontece em dezembro

Judeus comemoram, durante o Hanukkah o milagre que aconteceu logo após a retomada do Templo de Jerusalém

Uma festa particularmente apreciada pelas crianças, com muita alegria e presentes. Essa é uma das definições do Hanukkah, festa judaica que significa inaugurar, acontece em dezembro e dura oito dias.

No século II, o império Selêucida ocupava o Oriente Médio. Nesse período o rei Antíoco Epifânio emitiu decretos contra os judeus os proibindo de cumprirem os preceitos bíblicos e o estudo da Lei Judaica.

“O significado desse momento é claro: crescer em luz, espalhar a luz da paz, da amizade e da santidade.”

Rabino Pablo Berman.

Foi quando os gregos entraram na cidade de Jerusalém e profanaram o templo local. O povo de Israel não podia permitir isso, assim um grupo de judeus liderados por Matatias Macabeu e seus cinco filhos começou a luta pela liberdade religiosa e política. Depois de formar um exército e derrotar o império selêucida, os judeus entraram no Templo Sagrado em Jerusalém e o reinauguraram.

Milagre

Logo depois eles descobriram que a Menorá (candelabro de sete braços) estava apagada. Ao tentarem acender de novo as luzes, acharam um pequeno cântaro de óleo sagrado, cujo conteúdo seria suficiente apenas para um dia. “Milagrosamente, a vela permaneceu acesa durante oito dias e houve tempo suficiente para preparar um novo óleo. Por isso o Hanukkah é também conhecido como Festa das Luzes”, conta o rabino Pablo Berman.

Para relembrar esse milagre – algo que acontece todos os anos – cada família judia pega sua chanukiot (um candelabro de 9 de braços) e todos os dias, sequencialmente, acende uma vela (da direita para esquerda) além da vela que está no lugar mais alto do candelabro, até que no 8º dia as 9 velas estejam acesas.

“O significado desse momento é claro: crescer em luz, espalhar a luz da paz, da amizade e da santidade”, conta o rabino. Faz parte da tradição colocar a chanukiot próxima a uma janela para espalhar o milagre e para que todos possam ver. Durante esse tempo é feita também uma troca de presentes.

Os alimentos servidos nesse período estão ligados ao azeite. Por isso a comida é frita em óleo, porque assim aconteceu o milagre, como latkes (panquecas de batata), e sufganiyot (roscas com geleia).

Leia também