Individualidade

Momentos de lazer separados também contribuem para melhorar a relação a dois

  • PorRossana Bittencourt, especial para o Sempre Família
  • 02/10/2020 17:26
O casal não precisa fazer toda e qualquer atividade junto porque o outro não deve ser pensado como algo que falta
O casal não precisa fazer toda e qualquer atividade junto porque o outro não deve ser pensado como algo que falta| Foto: Leah Kelley/Pexels

Relacionamentos são baseados em confiança. Sejam eles amorosos, de amizade e até familiares. Por isso sair sozinho, sem o marido ou a mulher, não deve ser um problema. E os especialistas garantem que momentos de lazer sozinhos, sem a companhia no cônjuge, também são saudáveis para melhorar a relação do casal. Afinal, o casamento é a união de duas pessoas com seus gostos e afazeres diferentes, que escolhem, por amor, construir uma vida em comum, com sonhos e objetivos compartilhados.

Carla Regina Françoia, psicóloga e professora da Pontifícia Universidade do Paraná (PUCPR), explica que não há nada nem ninguém que nos complete. O casal não precisa fazer toda e qualquer atividade junto porque o outro não deve ser pensado como algo que falta. “O companheiro é alguém que caminha ao meu lado, é alguém diferente de mim, que vai querer fazer coisas que eu não gosto de fazer e ter uma vida separada da minha”, esclarece.

A psicóloga também destaca que o fato de estar com os amigos não significa que o outro ama menos o companheiro e enfatiza que a pessoa que entende a própria importância, que prioriza o amor próprio é uma pessoa sabe se doar à outra. Não abrir mão da individualidade é o que faz, em muitos casos, a relação se fortalecer.

É exatamente assim, apreciando a própria companhia, que a publicitária Luiza Scheide Lipori faz questão de passar alguns momentos da semana. Sempre que podem, ela e o marido aproveitam para sair sozinhos porque já conseguem passar bastante tempo juntos. “A gente incentiva um ao outro a fazer isso. Eu sempre gostei de ter um tempo sozinha. Mesmo antes de casar eu ia ao cinema sozinha, almoçava sozinha. É legal isso”, assegura.

Casada há seis anos, com uma filha pequena e esperando o segundo, Luiza tem uma rotina puxada e diz que ter momentos só com as amigas é importante para espairecer. E o marido a estimula. “Dá uma refrescada no dia quando a gente sai só em meninas, bate papo, conversa sobre coisas diferentes”, afirma. Tudo, claro, com moderação, completa ela: “Temos que ter bom senso e noção. Não é sair todos os dias e sobrecarregar o parceiro. Tem que ser de comum acordo e respeitoso”.

Jogar futebol com os amigos, sair jantar com as amigas são coisas normais, diz Carla. “Muitas vezes é necessário esse respiro para que a pessoa tenha vontade de voltar pra casa”, aponta. E falar sobre essas atividades deve ser algo natural. É fundamental que o casal possa conversar para explicar quando não está satisfeito com algo e saber dizer isso. E a especialista ainda conclui: “Só assim as pessoas podem estabelecer diálogos e confiança mútua. Uma relação sem conversa é uma relação falha.”

Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.