Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Foto: divulgação/Arquidiocese de Aparecida
Foto: divulgação/Arquidiocese de Aparecida
Atualidades, Religião

Bispo que se referiu a Lula como serpente é “promovido” pelo papa Francisco

Dom Darci, até então bispo auxiliar de Aparecida, foi nomeado arcebispo de Diamantina, em Minas Gerais

O bispo dom Darci José Niciolli, que ganhou destaque da imprensa nesta semana por conclamar os fiéis a pisarem “na cabeça da serpente”, numa referência ao presidente Lula, foi nomeado pelo papa Francisco nesta quarta-feira como arcebispo de Diamantina, em Minas Gerais. Dom Darci era, até então, bispo auxiliar de Aparecida. A nomeação como arcebispo é vista como um tipo de “promoção” na hierarquia católica.

No último domingo, dom Darci disse durante a celebração da missa: “peça, meu irmão e minha irmã, a graça de pisar a cabeça da serpente. De todas as víboras que existem e persistem em nossas vidas”. Mais adiante, foi mais explícito: “Daqueles que se autodenominam jararacas. Pisar a cabeça da serpente. Vencer o mal pelo bem, por Cristo nosso Senhor”, concluiu.

A homilia, que foi transmitida em rede nacional pela TV e rádio Aparecida, ocorreu dois dias após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se comparar a uma jararaca para dizer que sobreviveu à suposta ofensiva da Operação Lava Jato. Na sexta-feira, Lula foi levado por condução coercitiva a depor no escritório da Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas, São Paulo.

Após ter respondido aos questionamentos das autoridades sobre as suspeitas envolvendo ocultação de patrimônio e participação no escândalo do Petrolão, Lula discursou a militantes e à imprensa. Na ocasião o ex-presidente disse que “se tentaram matar a jararaca, não bateram na cabeça, bateram no rabo. A jararaca tá viva, como sempre esteve”.

Após a repercussão de sua homilia, a página de dom Darci no Facebook foi visitada por dezenas de manifestantes pró e contra o ex-presidente, que passaram a atacar ou defender a postura do bispo. Sem querer ser mais explícito, em nota publicada num jornal local, dom Darci afirmou que deixa a interpretação das suas palavras para cada um dos brasileiros.

Sem relação

Embora o anúncio da nomeação como arcebispo tenha ocorrido quase imediatamente após o episódio, a mudança no status de bispos é um processo longo, com duração de, no mínimo, seis meses. Além disso, o clérigo a ser nomeado toma ciência da nomeação semanas antes da mesma tornar-se pública. A “promoção”, portanto, não teria relação direta com as declarações de dom Darci sobre o ex-presidente.

1 Comentário
Leia também