Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock.
Crédito: Bigstock.
Cultura, Religião

Assista ao trailer de Risen, filme sobre a ressurreição de Cristo que estreia em março

A superprodução da Sony de temática religiosa promete repetir o sucesso de A Paixão de Cristo, de Mel Gibson

Em 19 de fevereiro, estreará em toda a América do Norte o filme Risen. Estrelado por Joseph Fiennes, de Shakespeare Apaixonado, o filme começa onde A Paixão de Cristo de Mel Gibson termina: na crucificação. Vista pelos olhos de Clavius, um ambicioso tribuno romano encarregado da guarda do corpo de Jesus de Nazaré, a história é contada do ponto de vista de um não crente em uma missão desesperada para deter o “rumor” da ressurreição do Messias.

O filme, da Sony Pictures, é um remanescente de O Quarto Rei Mago, de 1985, com Martin Sheen: ambos recontam eventos familiares em uma perspectiva nova, tornando a narrativa mais convincente. Rich Peluso, vice-presidente da AFFIRM Filmes, uma divisão da Sony Pictures Entertainment, falou do filme como uma “interseção entre a Escritura e a ficção histórica”, que permite “uma maneira nova e excitante de reviver essa história que conheço e amo com olhos diferentes”.

Peluso, que trabalhou por quinze anos com música cristã, uniu-se à Sony para “utilizar recursos globais de uma corporação para contar histórias que apontem para Jesus”. Ele contou ao site LifeSiteNews que Clavius é um personagem que retrata muitos que devem ter recebido a notícia da ressurreição na volta para Roma.

Como foi, disse Peluso, que “o império que dominava o mundo, empenhado em destruir o cristianismo, se tornou em poucas gerações um império cristão?” Obviamente, a verdade da ressurreição de Cristo testemunhada por judeus e romanos teve um efeito transformador.

Peluso disse que Risen teve um feedback incrivelmente positivo dos líderes cristãos que viram o filme.

A produção épica tem tom realista e uma história envolvente. A violência não é nem de perto severa como a de A Paixão de Cristo. A representação de Jesus não se iguala à obra-prima de Jim Caviezel no filme de Gibson, mas o personagem de Jesus ressuscitado tem apenas uma pequena parte no filme, já que o foco é a jornada de Clavius para ver e crer.

No Brasil, a estreia de Risen – ou Ressurreição, como deve ser o nome oficial por aqui – estreia em 17 de março, pouco antes da Semana Santa.

 

 

Com informações de LifeSiteNews.

Colaborou: Felipe Koller.

1 Comentário
  1. Um dos maiores eventos bíblicos através do olhar de um incrédulo, é a chamada do longa para os espectadores. Este filme Risen ou Ressurreição é uma espécie de sequela do “Paixão de Cristo”. Eu não sou um fã deste gênero de filme, mas eu gostei da perspectiva ateísta com uma estrutura narrativa realizada da maneira mais respeitosa, honesta e real. Aqui eu encontrei algumas informações e programações sobre o filme: http://www.hbomax.tv/movie/TTL603372/ Vale a pena vê-lo como ele é uma adaptação do que acontece depois que Jesus ressuscita.

Leia também