Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
RichMcD Photography
RichMcD Photography
Casamento e Compromisso

Amigos se reencontram 42 anos depois, se casam e vão morar em casa de repouso

“Estamos tão felizes por termos nos encontrado. Nós não sabemos quanto tempo temos, então estamos aproveitando ao máximo”, afirma a, agora, senhora Potter, de 81 anos

Se engana quem pensa que sentir as famosas “borboletas no estômago” e ter o coração arrebatado pela paixão é privilégio somente dos que estão na flor da idade. Marion e Stuart Potter, de 81 e 78 anos respectivamente, por exemplo, subiram ao altar em 2018, durante o verão na Inglaterra, para selar o amor que descobriram um pelo outro apenas um ano antes.Os recém-casados agora moram juntos na Cote Lane Residential Village, uma casa para idosos na cidade britânica de Bristol.

Apesar de se apaixonarem e oficializarem a união apenas no ano passado, Marion e Potter já haviam se encontrado em 1975, quando Marion cantou na banda de Potter. Só que ao passar dos anos, Marion se casou, teve um filho e se divorciou. Já Potter chegou a se casar duas vezes, também teve filhos e ficou viúvo.

Mas em julho de 2017, encorajado pelo filho, Potter decidiu ligar para Marion convidando-a para um café. “Eu não o via há anos. Fiquei empolgada e em choque quando ele me telefonou, mas também fiquei apreensiva”, confessa Marion a Sue Learner, do site Care Home. Na época ela já estava morando no Cote Lane Residential Village.

Segredos do casamento: 7 hábitos de casais que se dão bem

Após o encontro, Marion conta que a sensação que teve era a de que eles haviam se visto no dia anterior. Para ela, o sentimento entre os dois era mais do que amizade. Havia uma magia naquele momento. E Potter também não teve dúvidas que de Marion era a pessoa com quem ele queria passar o resto de seus dias. “Convidá-la para tomar café foi a melhor decisão que tomei. Tivemos longas conversas, rimos e me senti muito feliz de estar com ela. Por isso não perdi tempo em tomar uma decisão”, conta ele.

Em menos de seis meses, Potter pediu a mão de sua amada em casamento em um navio de cruzeiro, à meia-noite, no Porto da Madeira, na costa da África. Dentro de mais seis meses, casaram-se na Igreja da Santíssima Trindade, na mesma cidade em que moram atualmente. “Foi um dia maravilhoso. Um dia que pensamos que nunca aconteceria para nós”, disse Marion.

O encontro dos dois também foi uma alegria para suas famílias. “Meu único filho mora na Austrália e ele sempre se preocupou com o fato de eu ficar sozinha. Então ele está feliz por eu ter me casado com Stuart e agora temos um ao outro para amar e cuidar”, conta a, agora, senhora Potter. “Ela é muito bonita e eu estou apaixonado por ela. Nós temos muitas coisas em comum, nós amamos música, nós vamos a shows e apresentações de balé, nós amamos viajar e socializar”, conta o encantado Potter.

Potter é um talentoso pianista e ainda toca profissionalmente – além de fazer apresentações em um hospital como voluntário –, mas agora conta uma fã especial lhe prestigiando. “Ele é muito carinhoso, amoroso, engraçado e talentoso”, conta a esposa. Já Marion foi, por muitos anos, fotógrafa profissional.  “Ela também é uma ótima dançarina de salão, uma pessoa muito feliz, amigável, compreensiva e alguém com quem quero viver para sempre, eu amo cada detalhe dela”, expressa o marido.

Para o casal, morarem juntos na casa de repouso é como se estivessem curtindo férias permanentes, o que permite que façam tantas atividades românticas juntos. Marion ainda conta qual é o segredo do bom relacionamento entre os dois: confiança e respeito. “Além disso, também conversamos muito, o que é muito importante também. Às vezes ainda estamos conversando às 2 da manhã”.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também