Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock
Crédito: Bigstock
Entretenimento

10 dicas para diminuir e organizar a bagagem antes de viajar

Não deixe que a etapa de fazer as malas seja motivo de frustração e cansaço. Aprenda a levar o que precisa sem arrependimentos por deixar algo para trás

As férias chegaram! E com elas as oportunidades de viajar em família e descansar de um ano cheio de atividades. Para que sua mala não seja um motivo de frustração, confira as 10 dicas da consultora de imagem Fernanda Fuscaldo:

Planejamento

1) O primeiro passo é conferir a previsão do tempo. Acesse sites de meteorologia, aplicativos específicos ou veja pelos telejornais. Saber as condições climáticas faz toda a diferença e pode mudar tudo o que você havia previsto;

2) Quanto mais detalhes do roteiro você tiver melhor, por exemplo: tem praia ou piscina? Vou andar de carro, a pé ou de metrô? Vou a algum lugar que exige vestimenta mais formal, como um restaurante requintado? Ou roupas mais despojadas é que são adequadas? Pergunte isso a si mesmo e você conseguirá levar apenas o que vai usar.

Seleção

3) Comece a separar as peças de roupa alguns dias antes de viajar. Defina um local, como uma gaveta vazia, e coloque ali todas as peças que você pensa em levar. “Ainda não precisa pensar nas quantidades e nas combinações. É apenas para você não usar as peças ao longo da semana e estarem limpas para serem colocadas na mala. Mas atenção, não coloque na mala ainda”, recomenda Fernanda. Dica: separe somente o que te cai bem e você ama usar! Não é na viagem que você vai usar aquela saia estampa que nunca consegue, né?

Faça as combinações

4) Faça as combinações antes de colocar as peças na mala. Isso evita que você vá colocando uma blusinha, uma calça ou um sapato a mais, motivada pela ideia do “vai que precisa”. Montando as combinações, você se livra das dúvidas e do peso excessivo na mala.

5) Para cada peça de roupa usada abaixo da cintura, separe três partes “de cima”.

6) Considere uma combinação para cada dia e uma para cada noite, de acordo com o tempo da viagem. No caso da roupa com que vai viajar, o trajeto será o único momento em que deve ser usada, pois ficam muito sujas após horas de viagem.

7) Uma ou duas peças coloridas, somadas a peças neutras (marinho, branco, nude, vinho, musgo, cinza). Assim, mesmo fora das combinações montadas, tudo funciona, abrindo outras possibilidades dentro na mala.

8) Faça as combinações básicas antes de definir os acessórios e terceiras peças que pretende usar. Deixá-los por último tornará possível escolhê-los de modo que combinem com vários looks.

9) No máximo três sapatos e duas bolsas, incluindo as que viajam com você. Você pode se guiar por categorias, como sapatos para lugares frios: uma bota, um esportivo (tênis, sapatilha, slipper, espadrile) e um salto.  Para lugares quentes: um flat, um esportivo (tênis, sapatilha, slipper, espadrile) e um salto. “Importante é que um deles seja bom para usar na chuva, mesmo que a previsão não mostre é bom levar.”

No caso das bolsas, leve uma grande para o avião, que também será usada para ocasiões diversas durante o dia, e uma pequena para a noite. Prefira modelos que sejam confortáveis de carregar. Abuse de lenços e bijoux, que ocupam pouco espaço e mudam a cara da produção.

Fechando a mala

10) Terminou a seleção? Coloque na mala as peças mais pesadas embaixo, de modo que fiquem bastante esticadas, prendendo com os cintos internos somente as roupas. Por cima, as necessaires e sapatos ensacados. Dica: roupas claras ou com tecidos finos devem ir do avesso para não sujar ou puxar fio.

Feranda Fuscaldo sugere ainda que a mala seja fechada logo depois de terminada a colocação das roupas, para que não se caia na tentação de enchê-la com mais coisas. Se você seguir os passos anteriores, tenha certeza que estará bem vestida em toda a viagem.

Com informações do site de Fernanda Fuscaldo.

 

 

Leia também