Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Casamento e Compromisso

10 conselhos para se livrar da pornografia

Deixar um vício requer muita disciplina e pode levar um tempo, mas ao contrário dos outros, com a pornografia isso é mais rápido.

O número de homens e mulheres que podem dizer que nunca viram qualquer tipo de pornografia é bastante baixo. E isso acontece principalmente porque ela tem se tornado banal e uma ação que já não traz mais vergonha como antes. Como um câncer que se espalha silenciosamente, ela tem contaminado a vida das pessoas e vista como um entretenimento comum. No entanto, já é comprovado cientificamente que a pornografia é prejudicial tanto àquele que dela consome diretamente, quanto à sua família e a sociedade em geral. O consumo de pornografia tem efeitos biológicos, psicológicos e espirituais, e assim como qualquer outro vício traz mudanças no sistema nervoso. Deixar um vício requer muita disciplina e pode levar um tempo, mas ao contrário dos outros, com a pornografia isso é mais rápido. Veja algumas dicas que podem ajudar:

  • Entender que é um problema e decidir livrar-se dele: ninguém decidirá isso por você. Aceitar que este é um problema que tem prejudicado seriamente sua vida e dos que estão ao seu lado, é um ato de bravura. Seja forte e tome uma decisão de mudar.
  • Busque ajuda de alguém que possa te escutar e ajudar: se você já tomou a decisão de mudar, busque ajuda. Pode ser um conselheiro, um psicólogo ou algum líder espiritual. O importante é que esta pessoa possa te ajudar a se entender e a entender o problema como um todo.
  • Reconheça o motivo que o leva a buscar a pornografia: pode ser que você tenha buscado a pornografia só por curiosidade, já que todos estavam fazendo o mesmo. Mas talvez essa busca foi para preencher um vazio que pode ser o amor. E na pornografia você encontrou um prazer incompleto, que não te preenche como o amor de uma pessoa e a vida de companheirismo com ela.
  • Ocupe seu tempo: saia do seu ambiente do dia a dia e mantenha-se ocupado com novos cursos, um novo esporte ou passeio com os amigos. Dessa maneira você não terá tempo para pensar naquilo que te vicia, como a pornografia.
  • Crie metas e mantenha o foco: dentro do que foi dito acima, crie metas nas atividades que exercer e mantenha-se focado. Uma pessoa disciplinada dificilmente cairá na tentação de ceder ao desejo de estar naquilo que a vicia.
  • Esteja com pessoas: o consumo de pornografia tem grande relação com o isolamento, o egoísmo e escravidão. Procure então atividades que coloquem em contato com outras pessoas, que te façam viver em comunidade e que te ajudem a ser alguém mais solidário.
  • Livre-se do que te faz cair no vício: busque revistas, vídeos e todo material que tenha relação com a pornografia. Queime-os, rasgue-os ou coloque barreiras na internet que não te possibilitem chegar a esses materiais.
  • Assuma um compromisso consigo: quando buscar por alguém que o ajude, firme um compromisso consigo mesmo e com essa pessoa. Esforce-se para cumprir com sua palavra e caso caia, não desanime! Levante-se e caminhe de onde parou.
  • Conheça a si mesmo: conheça primeiramente quem você é. Leia sobre espiritualidade, sobre bons valores e entenda o correto sentido da sexualidade. Busque por uma literatura que fortaleça sua decisão.
  • Não baixe a guarda: a luta contra a pornografia é diária. Não seja ingênuo de pensar que uma vez superado, você estará imune a esse vício. Mantenha-se firme e caso tenha uma recaída, não se deixe levar pela onda, mas se esforce em buscar abrigo longe de tudo o que te afasta do seu propósito de se libertar da pornografia.

Com informações de Catholic Link

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

 

1 Comentário
Leia também