Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Imagem: Facebook/Ajude a Isa
Imagem: Facebook/Ajude a Isa
Virtudes e Valores

Pais doam dinheiro da cirurgia do filho para menina que tem a mesma doença há mais tempo

“O Chico está nessa luta há 4 anos. A Isa já está há 12”. Ambos nasceram com o intestino para fora do abdômen e a cirurgia é só em Londres.

Isabela Diringer é uma garota de 12 anos que vive em Mogi das Cruzes, em São Paulo. Ela nasceu com gastrosquise, uma má-formação caracterizada por um defeito na formação da parede abdominal, o que faz com que órgãos como o intestino fiquem para fora do corpo. Por causa disso, a menina precisa se alimentar por meio de um cateter, é internada frequentemente e seu desenvolvimento físico e mental corresponde ao de uma criança de 6 anos.

A boa notícia: médicos ingleses desenvolveram uma cirurgia que tem 91% de chances de libertá-la dos cateteres, da nutrição parenteral e dos riscos de infecção decorrentes. O problema. O problema: a cirurgia só é feita em Londres e os custos do tratamento e da viagem chegam a 500 mil reais.

Os pais de Isa, Glaucia e Sanvio, começaram há mais de dez anos uma campanha de arrecadação pela garota. E foi só agora, com a Mega da Virada, que a situação da família mudou. Um grupo de policiais da cidade de Santo André que acertou a quadra resolveu doar o prêmio de 3 mil reais para Isa.

A repercussão do gesto na internet gerou uma onda de solidariedade que fez com que, em poucos dias, a família arrecadasse o dobro do que tinha conseguido em uma década – a maior parte do dinheiro veio de Guilherme, um menino de 15 anos que precisava de um coração artificial de 300 mil reais, mas acabou conseguindo um. Ele doou para Isa os 240 mil que tinha conseguido arrecadar. Faltavam apenas 40 mil reais.

De repente, a doação apareceu: um casal doou o montante. Mas não era qualquer casal: Jéssica e Bruno são os pais de Chico, um garoto de 4 anos que vive na mesma cidade e tem a mesma doença de Isa. Eles também estavam arrecadando há anos o dinheiro para custear a cirurgia e o tratamento. Mas justificaram: “O Chico está nessa luta há 4 anos. A Isa já está há 12”.

Agora, é a vez do Chico. Você pode ajudá-lo aqui.

****

Recomendamos também:

Comunidade do Congo se solidariza com vítimas de terremoto na Itália e oferece doação

Menina de 10 anos troca seus brinquedos por 400 galões de água para vítimas de terremoto

Em vez de presentes, adolescente pede ajuda aos necessitados no aniversário de 15 anos

****

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também