O que é a Síndrome da Bela Adormecida?

A Síndrome de Kleine-Levin, também conhecida como Síndrome da Bela Adormecida, gera crises de hipersonia que podem durar horas, dias ou semanas.

Essa síndrome é um distúrbio neurológico raro e de difícil diagnóstico.

A principal característica dessa doença é a manifestação de episódios recorrentes e remitentes de sonolência excessiva, diurna ou noturna.

Outra característica é a extrema resistência para despertar e permanecer acordado durante o dia.

A síndrome é um transtorno de causa ainda não identificada, por isso é chamada de idiopática ou primária.

A síndrome pode se manifestar em qualquer idade, mas afeta especialmente adolescentes e adultos jovens do sexo masculino.

Até o momento não há nenhum tratamento efetivo para a Síndrome da Bela Adormecida.

Créditos

Imagens: Pixabay, Unsplash.

Montagem: Caroline do Prado.