Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: MELLO Photo & Make Up
Crédito: arquivo pessoal
Rafaela Campos

Ser Mãe

O blog da maternidade

É muita responsabilidade para o filho mais velho?

Como saber o que pedir e quando pedir ajuda aos filhos? É obrigação deles ajudarem em casa?

Crédito: Pixabay
Crédito: Pixabay

O tema da responsabilidade tem sido discutido frequentemente em minha casa. Tenho um casal de filhos, o menino é o mais velho, e estou à espera de mais uma menina. É super comum quando as pessoas descobrem o sexo do meu 3º bebê, soltar o comentário para o mais velho: “Mais uma princesa para você cuidar!”, “Vai ter trabalho com duas irmãs…”. Ele nem liga! Afinal tem 4 anos. Mas será que as crianças sentem o peso da responsabilidade? Como saber se a criança esta sendo cobrada demais?

Depois das nossas reflexões, temos cuidado com o que pedir para cada um dos filhos, mas jamais deixar de pedir e formar neles a ordem e a responsabilidade de acordo a idade de cada um. Vou colocar algumas ideias que talvez possam ajudar por aí:

  • Meu marido costumava dizer ao mais velho, antes de sair: “cuida bem da mamãe”. Paramos com isso! Afinal, não é responsabilidade dele me cuidar. Mas passamos a lembrá-lo que me ajude quando pedirmos.
  • Quando estou com a mais nova no banheiro limpando “aquele acidente”, e preciso que alguém me alcance uma calça limpa, peço para ele. E independente de quantas vezes peço, ele faz com alegria.
  • Quando estou estendendo roupa e os grampos caem no chão. Parece simples né? Mas não para alguém que tem um bebê na barriga :) Então é hora da mais nova entrar em ação. E ela ama. Às vezes se empolga e me ajuda pegando as peças de roupa do cesto para colocar no varal.
  • Quando fazemos o leite pela manhã, convido-os a, cada um, pegar uma colher, me ajudar a mexer o leite e depois colocar a colher na pia. Além de aprenderem aos poucos preparar seu leite, trabalhamos coordenação motora ao mexer o leite, imaginando que estão desenhando um circulo no fundo do copo, equilíbrio e controle da força.
  • Quando um dos irmãos estão na sala e eu ocupada na cozinha e pedem um biscoito ou fruta. Peço para um atender ao outro. Isso ajuda muito na relação deles e faz com que eu não tenha que parar toda hora a lavagem da louça ou o almoço para atendê-los.

Em resumo: o que temos que ter sempre em conta é o que a criança é capaz de fazer e não temer em pedir ajuda. Embora muitos profissionais já tenham escrito sobre os benefícios de formar a responsabilidade de acordo a cada idade, não temos ideia dos frutos que serão gerados em corações responsáveis e generosos.

 

 

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também