Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock.
Crédito: Bigstock.
Adolescência, Educação dos filhos

Seis decisões que os adolescentes devem tomar

Pais que conversam com seus filhos e os orientam sobre temas importantes como estudos, amizades e sexualidade os ajudam a se tranquilizar e a ter instrumentos para enfrentar os desafios da adolescência

Os adolescentes de hoje não têm uma vida fácil. Eles vivem em um mundo cheio de pressões, estão imersos no universo digital, são cobrados para serem cada vez mais competitivos e, em alguns casos, crescem sem a figura paterna, o que agrava a situação. Este cenário motivou o autor Sean Covey a escrever o livro “As 6 Decisões Mais Importantes Que Você Vai Tomar na Vida”, dirigido aos adolescentes.

No livro, ele apresenta algumas perguntas que todo adolescente deveria fazer a si mesmo e cujas respostas afetarão toda a sua vida. “Se durante a adolescência tomamos as decisões corretas, só teremos de manter essas decisões e colher os seus frutos”, resume Covey.

É claro que, para poderem responder de forma positiva às questões sugeridas por Covey, os adolescentes precisam ter o apoio dos pais, de seu carinho e autoridade. Pais que conversam com seus filhos e os orientam sobre temas importantes como estudos, amizades, sexualidade e as pressões sociais a que são submetidos os ajudam a se tranquilizar e a ter instrumentos para enfrentar adequadamente os desafios da adolescência.

Veja quais são as decisões mais importantes que todo adolescente deve tomar, segundo Sean Covey:

 

1- Dedicar-se aos estudos

Para Covey, tudo o que o adolescente fizer em relação aos estudos se refletirá no futuro, seja no bom ou no mau aspecto. O adolescente deve decidir como superar eventuais limitações de aprendizagem, quais estratégias usar para conseguir boas notas, como encontrar motivação para estudar, quais áreas do conhecimento lhe são mais atrativas etc.

 

2- Os amigos

“Para alguns é fácil fazer amigos, para outros, um autêntico pesadelo. O tema é crucial porque os adolescentes têm uma enorme necessidade de serem aceitos, e isso às vezes os leva a tomar más decisões”, explica Covey. O adolescente precisa tomar decisões sobre quais são os tipos de amigos que deseja ter, o que fará em caso de pressão de amigos e colegas, se poderá resistir à sua influência ou se deixará se levar pela vontade dos outros etc.

 

3- A relação com os pais

Embora não pareça, a proximidade entre pais e filhos também depende de algumas escolhas feitas durante a adolescência. É o jovem que decide qual é a forma de relação que quer ter com seus pais, e essa é uma das mais importantes decisões da vida. A partir dela é que o jovem constrói o relacionamento com os pais e orienta suas ações no dia a dia.

 

4- Relacionamento a dois

O adolescente deve se perguntar com qual tipo de pessoa deseja se relacionar, pois, se não o fizer, corre o risco de que outra pessoa decida por ele. Ele deve pensar – e decidir – como quer agir no caso de relacionamentos, o que significa como se portar durante o namoro, qual é o sentido de compartilhar a própria vida com outra pessoa.

 

5- Vícios

“Os adolescentes devem saber a verdade sobre o álcool, as meta-anfetaminas, o ecstasy, a cocaína”, alerta Covey. Ele convida os jovens a se questionarem sobre o que farão caso sejam expostos a essas substâncias.

 

6- Autoestima

Nossa autoestima também depende de uma decisão. Querer bem a si mesmo é uma escolha, assim como aprender a ter segurança emocional e não se abater com as opiniões dos outros. “É absurda a obsessão pelas opiniões que os outros têm de você. Mas, para evitar isso, você precisa saber como construir uma autoestima saudável, desenvolver suas habilidades e talentos”, aponta Covey.

 

Do site LaFamilia.info, com tradução de Jocelaine Santos.

 

Participe

O que você achou desta matéria? Escreva para nós e dê sua opinião!

Curta nossa página no Facebook e siga o perfil do Sempre Família no Twitter.

1 Comentário
Leia também