Covid-19

Durante o isolamento, onde e quais exercícios são recomendados fazer?

A prática de exercícios físicos é um tema que têm gerado bastante dúvida naqueles que tem a atividade como rotina

  • Por Moreno Valério
  • 25/03/2020 18:50
A prática de exercícios físicos é um tema que tem gerado bastante dúvida naqueles que tem a atividade como rotina
| Foto: Bigstock

Com o aumento das medidas para conter o surto do novo coronavírus no país, muitos hábitos do dia a dia têm sido alterados. O de praticar exercícios físicos é um dos que mais deixa a população em dúvida, já que as academias não devem contar com seus clientes durante o período de quarentena.

Então, surge a dúvida: onde é melhor praticar as atividades físicas de maneira segura em meio ao período de isolamento? A resposta, como a que tem sido para quase qualquer tema envolvendo a Covid-19, é a mesma: ficar em casa.

"Os exercícios físicos devem ser restritos ao ambiente domiciliar. Se puder ter orientação de algum profissional da área, melhor. Mas não que ele vá até a casa, usem e-mail, redes sociais, WhatsApp", explica João Luiz Carneiro, clínico geral do Hospital VITA.

Para o professor de Educação Física, Kauan Westphal, vale seguir as recomendações do Ministério da Saúde e dos governos estaduais, de reduzir o contato social. "Já que a recomendação é não sair de casa, é melhor trocar as caminhadas e corridas por exercícios que consiga fazer em casa. Pular corda, polichinelo, agachamentos e atividades que não necessitem de muito espaço", afirma.

Quando for praticar alguma das atividades em casa, o professor recomenda alguns cuidados antes de iniciar. "Verificar se tem algo no chão que pode ser escorregadio, arrastar os móveis de modo que [o praticante] fique longe das quinas. Usar material adequado como tênis e roupas leve. Não esquecer da hidratação e de manter uma alimentação equilibrada no período", alerta.

As atividades ao ar livre, em parques e na rua, por exemplo, não são recomendadas, mas caso a pessoa as faça, que sejam em locais sem aglomeração. E pratique seu exercício sozinho, sem outras pessoas por perto. Essa foi a orientação dada pelo Ministério da Saúde no último sábado (21). Dependências e academias dos condomínios, por exemplo, devem ser evitadas. Carneiro lembra ainda que as atividades são mais importantes neste momento, já que melhoram o sistema imunológico do corpo humano.

Opções para se exercitar em casa

Já que academias, parques, praças e até mesmo as ruas estão descartadas, fica a dúvida de como realizar as atividades em casa. Além das dicas mencionadas acima, diversos treinadores, personal trainers, academias e até marca de esporte trazem conteúdo para ajudar no momento de crise.

A CIA Athletica de Curitiba, com unidades em diversas regiões do país, traz aulas em seu Instagram, ministrada pelos profissionais da academia. Além disso, implementou no dia 23 de março as aulas à distância, que consistem no acompanhamento de personal trainers e seus alunos através de aplicativos como Skype ou Whatsapp. "Já tínhamos essa estrutura de aula à distância montada, mas acabamos 'startando' ela com o período de quarentena", esclarece Luiz Otavio, gerente da CIA Athletica.

O aplicativo SUA Trainer disponibiliza, além de dicas, alguns treinos diariamente na sua conta no Instagram, além de permitir o acesso gratuito à sua plataforma durante o período de quarentena. 

A Centauro, loja especializada em artigos esportivos, segue a mesma linha e passou a postar conteúdos em seu canal do Instagram e em sua página no Facebook. Com aulas de 30 minutos com profissionais de educação física, a marca realiza essas instruções diariamente. Ainda está fornecendo descontos em sua loja online para produtos que possam ser utilizados para exercícios caseiros, como colchonetes e halteres.

A Authen, marca de roupas de performance femininas, também atualizará seu Instagram com conteúdos específicos. As dicas serão de nutrição, orientação, treinamento remoto e até tirar dúvidas sobre o tema. "Recebemos mensagens de nossas clientes chateadas por verem adiados seus treinos ou mesmo interrompida a preparação de meses para uma maratona, já que muitas provas foram canceladas. Então pensamos: o que nós, poderíamos fazer por nossas clientes?", conta Christopher Spikes, fundador e CEO da Authen.

A Secretaria do Esporte Lazer e Juventude de Curitiba também entrou na onda das aulas online e, de segunda a sexta-feira, às 9h30 da manhã, trará um vídeo em sua página do Facebook com uma atividade física diferente. Confira o primeiro vídeo abaixo:

Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.