Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Facebook/Ibtihaj Muhammad
Crédito: Facebook/Ibtihaj Muhammad
Ranking, Religião

Quem são os religiosos entre os 100 mais influentes do mundo na lista da Time

Além do papa Francisco, outras personalidades famosas por demonstrarem sua fé ganharam um lugar no prestigioso ranking

A revista Time publicou a sua lista anual das 100 pessoas mais influentes do mundo e – não é nenhuma surpresa – o papa Francisco está lá.

“Ele eletrizou o mundo, porque incorpora os princípios básicos da Doutrina Social da Igreja, que também atravessam todas as grandes religiões”, escreveu o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, no texto que acompanha a nomeação do papa para a lista.

Mas quais são os outros líderes relacionados à religião que estão na lista deste ano?

 

Ibtihaj Muhammad: uma esgrimista extraordinária

Ibtihaj_Muhammad_podium_2013_Fencing_WCH_SFS-EQ_t215413
Crédito: Wikimedia Commons

Muhammad usará o seu hijab representando os Estados Unidos nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. “O esporte permite que ela expresse o seu talento atlético e o uniforme permite que ela permaneça coerente com a sua fé”, escreveu Keith Ellison, o primeiro congressista muçulmano dos Estados Unidos.

 

Marilynne Robinson: uma escritora em busca

Crédito: Wikimedia Commons.
Crédito: Wikimedia Commons.

Os romances de Robinson – incluindo Lila e Home – vão do mistério à certeza, escreve o seu colega, o escritor Colm Toibin. “Nos seus ensaios, em que demonstra um espírito questionador, ela se preocupa com a crença e a tradição”, diz ele.

 

Mussie Zerai: libertador de refugiados

Crédito: Wikimedia Commons
Crédito: Wikimedia Commons

Zerai, um padre da Eritreia que ganhou asilo em Roma, recebeu o apelido de “Padre Moisés” depois de estabelecer um call center de emergências em 2003 para ajudar a atender o grande volume de refugiados fugindo da perseguição e da guerra. “Há mais de uma década, esse sacerdote tem salvado a vida de milhares de migrantes em perigo”, escreve o artista e ativista Ai Weiwei.

 

Aung San Suu Kyi: deputada e ex-prisioneira

Crédito: Wikimedia Commons
Crédito: Wikimedia Commons

Ex-prisioneira política do Mianmar, Suu Kyi foi saudada por sua coragem e criticada por não falar a favor da minoria muçulmana Rohingya. O presidente Barack Obama escreve a respeito de quando a visitou e viu que ela “sustenta a si mesma estudando os ensinamentos budistas sobre o amor e a compaixão”.

 

Com informações de Religion News

Colaborou: Felipe Koller

Leia também