Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock.
Crédito: Bigstock.
Natalidade, Saúde

Por que as grávidas ficam mais esquecidas?

Apesar de ainda não haver um consenso médico que comprove essa teoria de que toda grávida fica “avoada” e confusa, há indícios de que o aumento da progesterona e um pequeno edema cerebral possam ser responsáveis por essas alterações

Durante a gestação é comum ouvir relatos das mulheres sobre ficarem desatentas, sem memória. Apesar de ainda não haver um consenso médico que comprove essa teoria de que toda grávida fica “avoada” e confusa, há indícios de que o aumento da progesterona e um pequeno edema cerebral possam ser responsáveis por essas alterações.

Para a médica Paula Bortolai, ginecologista do Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia (IPGO), dois fatores devem ser levados em consideração. O primeiro é a mudança no foco de atenção: a ansiedade e o estresse com a chegada do novo bebê com todas as novidades que envolvem essa etapa da vida. O segundo são as alterações no sono: já no início da gestação alguns sintomas como dor nas mamas,  maior frequência urinária e os enjoos acabam prejudicando o sono. No final da gestação isso é acentuado pelas mudanças corporais ainda maiores.

Nesse caso, mais do que apenas lamentar a falta de memória e as distrações frequentes, algumas medidas podem ajudar, principalmente às mulheres que trabalham fora e continuam com a agenda cheia de compromissos. Confira:

  • Anote todos os seus compromissos.
  • Use alarmes.
  • Tenha uma rotina fixa.

“Manter o cérebro estimulado com palavras cruzadas e leitura também ajudam na concentração. Exercícios físicos e alimentação saudável proporcionam a liberação de endorfina, que melhora a memória”, completa Paula, que recomenda tranquilidade neste momento. “Não se preocupe tanto com essas alterações, pois não se trata de uma condição patológica. E, quando você perder aquele compromisso, a gestação será sempre uma boa desculpa”, diverte-se a médica.

O mais importante é aproveitar cada momento e curtir a chegada do novo membro da família com alegria e leveza.

Leia também