Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock
Crédito: Bigstock
Educação dos filhos, Finanças pessoais

Oito conselhos para economizar na volta às aulas

Defina critérios e estratégia antes de ir às lojas para conta ficar muito mais barata

Materiais escolares, matrícula, uniforme. O início do ano letivo gera alguns gastos extras, que podem afetar as finanças de muitas famílias. Aqui vão algumas opções para buscar a economia na hora das compras escolares.

  1. Estabelecer um limite. Como em tudo, nas compras escolares pode-se encontrar muita variedade de marcas e preços. Por isso é necessário estabelecer um limite de gastos antes de sair de casa, o que ajuda a controlar a compra e evitar gastos desnecessários.
  1. Compras antecipadas. Se o colégio dá a lista de materiais antes das férias, é bom aproveitar esse tempo para fazer as compras, antes que os preços subam.
  1. Precisa ser da melhor marca? Em muitos casos, produtos de marcas não tão famosas oferecem uma boa qualidade com um custo bem mais baixo.
  1. Comprar em atacado. Uma boa estratégia é unir-se a outras famílias para comprar os materiais em uma mesma ocasião, aproveitam os preços mais econômicos dos atacados.
  1. Nem tudo tem que ser novo. Com certeza há materiais do ano passado que ainda estão em bom estado. É preciso ensinar os filhos a economizar, reutilizar, cuidar dos seus pertences e ter consciência do valor das coisas. Quando as crianças perdem ou danificam seus materiais com certa frequência e os pais correm comprar outros, não aprendem a valorizar o esforço que se requer para comprar esses bens, por mais acessíveis que sejam.
  1. Trocar livros. Pode-se economizar muito dinheiro quando se consegue intercambiar os livros escolares entre os estudantes, evitando a compra de livros, que em sua maioria podem ser usados duas ou três vezes.
  1. Identificar os materiais indispensáveis. É normal que os filhos queiram tudo que há na loja, nas versões mais sofisticadas e em grandes quantidades, mas tudo isso é realmente necessário? Talvez a caixa com 12 lápis de cor baste e não a de 48. Há alguns artigos que se usam muito pouco no ano escolar e podem ser obtidos no momento de serem usados, enquanto outros são indispensáveis desde o primeiro dia de aula.
  1. Cultivar uma consciência de economia e moderação no lar. Preferir os meios eletrônicos que os físicos, cuidar de cada lápis, cada caderno, cada folha: essa tarefa começa na família.

 

Com informações de LaFamilia.info.

Colaborou Felipe Koller.

Leia também