Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Reprodução/ Facebook
Reprodução/ Facebook
Virtudes e Valores

Neto canta com a avó doente em hospital e vídeo viraliza em rede social

Por conta de problemas respiratórios, dona Denilce ficou internada por quase dois meses, e para passar o tempo, o neto Juan a incentivava a cantar

“Hoje passei a tarde com a dona do contralto mais lindo do mundo!!! Sejam abençoados com esse vídeo”. Foi assim que Juan Gabriel Martinez, de 21 anos, convidou os amigos em sua página no Facebook, a assistirem o vídeo em que canta com sua avó, Denilce Souza do Amaral, de 81. Na época ela estava internada em um hospital de Curitiba, com problemas respiratórios, mas conseguiu acompanhar o neto com maestria.

O vídeo publicado no início de abril teve uma repercussão inesperada, mas Juan contou à repórter Natalia Filippi, do G1 Paraná, que a intenção nunca foi de viralizar. “Estávamos cantando e resolvi registrar esse momento com a minha avó. Postei em uma rede social, e imediatamente começou a bombar. Foram 10, 50, 100 mil, quando vi já tinha 200 mil”, disse ele.

Músico faz serenata todos os dias para esposa diagnosticada com Alzheimer

Dona Denilce ficou internada por quase dois meses no hospital, após ter ido fazer exames que detectaram a presença de água em seu pulmão, o que dificultava a respiração. Após 10 dias na UTI ela foi para o quarto e, para passar melhor o tempo ali, Juan começou a tocar violão para que juntos pudessem cantar. “Eu sempre gostei de música. Quando eu era criança não tinha rádio em casa, mas se ouvia no vizinho, no mercado ou em qualquer outro lugar alguma música, já gravava na minha cabeça e ficava ensaiando. Só eu e a minha voz”, contou ela ao G1.

Juan é professor de música e explicou que momentos como aquele mostrado no vídeo servem para fortalecer os laços familiares. E para dona Denilce, a atitude do neto fez muito bem. “A gente precisa ter força, não é?! Cantei a vida toda em corais. A música sempre foi o trilho que trouxe alegria e melodia à minha própria história. Gosto de cantar o amor, e o Juan sabe disso”, disse ela agradecendo a presença constante do neto em sua vida: “Eu poderia desanimar, desistir de viver, de lutar, mas ele (Juan) não deixa. Ele sempre está ao meu lado”.

Há poucos dias dona Denilce teve alta. Ao G1, os médicos do hospital disseram que a música teve um papel importantíssimo nesse resultado, ao dar um impulso ainda maior na recuperação da idosa.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

 

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também