Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
blog3
perfil
Angélica Favretto

Mil Novecentos e Bolinha

Um blog nostálgico

As férias na década de 90 e os filmes da Sessão da Tarde

Apesar de serem mais comuns na década de 90, alguns deles passam até hoje durante as tardes da Rede Globo

Sessão da Tarde

Férias! Eu sempre fui de assistir muita televisão quando era mais nova e, claro, durante as minhas férias escolares isso não mudava tanto. Eu não viajava para lugar nenhum. No máximo eu ia passar uma semana na casa da vó, então era bem comum que eu tivesse como um dos divertimentos desse período, a famosa Sessão da Tarde, da Rede Globo. Tem alguns filmes que ainda passam na TV aberta, inclusive. Há poucos dias assisti Matilda, na Globo. Separei alguns desses clássicos aqui em baixo. Não estão por ordem de importância, ok?! Inclusive, meu dois preferidos estão no final. =P

Solta a vinheta! A antiga, claro…

– Mudança de Hábito 1 e 2: Deloris, interpretada por Whoopi Goldberg, é cantora e um dia presencia um assassinato e passa a ser perseguida. Ela então vai parar em um programa de proteção de testemunhas em um convento. Lá era vira a irmã Mary Clarence e passa a dar aulas de canto para uma turma um pouco complicada. No segundo filme, Deloris que agora está em Las Vegas, é contratada por um colégio de freiras que passa por dificuldades financeiras.

– Abracadabra: três bruxas (Winnie, Sarah e Mary) vêm do século XVII para o século XX, quando são evocadas acidentalmente no Dia das Bruxas, por um adolescente que acaba de se mudar para a casa onde elas viviam antes de serem banidas. O adolescente, sua irmã e um gato travam uma luta com as bruxas para não deixá-las serem imortais. Ah! Uma das bruxas é a Sarah Jéssica Parker.

– Família Buscapé: HAHAHAH! Tudo quanto é família esquisita um dia já foi chamada de Família Buscapé por causa deles. HAHAHAH! Um dos grupos de família em que estou no WhatsApp leva esse título, inclusive. A história conta de uma família simples que se muda para a cidade grande, mais especificamente Beverly Hills após petróleo ter sido encontrado em suas terras e eles se tornarem milionários.

 

– Um tira do Jardim de Infância: aquele baita homem que é o Schwarzenegger (eita nome difícil de escrever!) é um policial que precisa se tornar um professor de jardim de infância para encontrar um traficante. É que o filho do criminoso é aluno em uma escola onde sua mãe também é professora.

– Lua de Cristal: Sérgio Malandro era o príncipe da Xuxa nesse filme. Fim. HAHAHA! Aqui, Maria das Graças vai morar com a tia na cidade grande, para poder ter aulas de canto, e acaba sendo explorada pelos primos e tia. Quase uma Cinderela. Daí tem Sergio Malandro entregando pizza e ajudando ela, Paquitas dando a maior força também e uma cena ótima da tia saindo socorrida pelos bombeiros, presa em um vaso sanitário.

 

– Debi e Lóide: era tão absurdo que era engraçado. HAHAHA! Jim Carrey e Jeff Daniels tinham cenas hilárias e muitas delas aconteciam em uma van customizada para parecer um grande cachorro. Recentemente a dupla voltou em mais um filme. Eu adoro essa sequência da moto:

 

– Beethoven, o magnífico: depois de muita insistência, os filhos do casal Newton conseguem que os pais os deixem adotar um filhote de São Bernardo. Só que ele cresce, claro! E crescendo acaba quebrando toda a casa e aprontando muito!

 

– Os Trapalhões: ah eram vários: Os Saltimbancos Trapalhões, Os Trapalhões e a Árvore da Juventude, o Casamento dos Trapalhões. Eles invadiam a Sessão da Tarde várias vezes e era divertido. Eu gostava bastante! Tinha atores da Globo no elenco, bandas como o Dominó e um tanto de gente que hoje é até galã global. HAHAH! Aqui um pedaço de O Casamento dos Trapalhões:

– Meu primeiro amor: coitado do Thomas que morria picado por abelhas ao tentar pegar o anel preferido de sua “amada” Vada. Ela é filha de um cara que organiza funerais na cidade e Thomas é alérgico a tudo o que é possível, incluindo as abelhas.

– Uma babá quase perfeita: para ficar perto dos filhos que moram com sua ex-esposa Miranda, Robin Willians, que interpreta Michel,  se torna uma simpática senhora que se candidata à vaga de babá. Aos poucos a “babá” conquista a confiança e o carinho de Miranda e o convício com os filhos torna Michel um pai melhor. As novidades de ser uma senhora é que fazem o filme ser bastante engraçado.

– Uma linda mulher: a melhor cena: quando os funcionários de uma loja não atendem Vivian (Julia Roberts), porque acham que ela não tem dinheiro, mas ela vai até outra, compra tudo o que quer e passa, na volta, na loja anterior ostentando as sacolas cheias. HAHAH! A história conta de Edward (Richard Gere) que contrata Vivian para passar uma semana com ele em Los Angeles, durante uma viagem de negócios e eles se apaixonam, claro.

– Edward Mãos de Tesoura: Edward é uma criação inacabada que tem tesouras no lugar das mãos. Ele fica sozinho quando o seu criador morre e tem de aprender a se virar sozinho desde então. Ele conhece o mundo quando uma simpática vendedora de cosméticos (se não me engano Avon) resolve bater na mansão em que ele vive, conhece o jovem e as esculturas que ele faz no jardim com suas “mãos” e o leva para sua casa. Ele se torna a sensação da vizinhança por um tempo, ao fazer cortes elaborados nos cabelos das senhoras e esculpir as árvores dos jardins. Além disso, Kim, a filha da vendedora, se apaixona por ele  o que não agrada muito o namorado dela.

– Lagoa Azul: duas crianças resistem a um naufrágio juntamente com o cozinheiro do navio em que estavam. Juntos eles vão parar em uma ilha deserta e ficam por lá até que o chef morre e as crianças ficam sozinhas. Richard e Emmilene são primos e ao crescerem acabam se apaixonando. Sério. Eu perdi as contas de quantas vezes esse filme passou na Sessão da Tarde. E um tempo depois acho até que o SBT começou a passar ele no Cinema em Casa. Aqui tem o filme completo =O

– As Patricinhas de Beverly Hills: Alicia Silverstone vive uma boa menina, mas que é bastante superficial. Ela perdeu a mãe cedo e vive com o pai em uma mansão em Beverly Hills. Ela tem uma melhor amiga que também é rica e estuda no mesmo colégio. Eu sempre quis aquele guarda roupa que seleciona o melhor modelo para a ocasião, de acordo com uma análise do seu “acervo” . Aqui ele:

– Dirty Dancing: obrigada a passar as férias de verão com a família em um resort, Baby acaba conhecendo lá o instrutor de dança Johnny, vivido por Patrick Swayze e ele formam uma dupla, para ajudar a uma das dançarinas que acaba descobrindo uma gravidez. Eles se apaixonam e no fim há aquela famosa dança que um monte de noivas andou copiando há alguns anos. Essa aqui:

– Matilda: uma menininha super inteligente que vive com uma família que não tem nada a ver com ela. Leitora assídua e muito curiosa, é na escola que ela conhece a fúria da diretora, a magia das amizades e o amor e compreensão da professora. Matilda tem alguns poderes especiais também e junto com a professora, tenta fazer da escola um lugar melhor, longe das garras da diretora.

– Curtindo a Vida Adoidado: dia desses um amigo meu disse que nunca tinha visto esse filme. Achei um absurdo e fiz ele assistir durante as férias do trabalho. Hehe. Todo mundo sabe da história de Ferris e seu dia de descanso da escola. O filme tem fãs em todo o mundo, tem banda chamada Save Ferris (frase usada no filme quando as pessoas sabem que Ferris pode estar doente em casa), e dia desses recriaram a cena da parada que ele participa em Chicago, ao som de Twist and Shout, dos Beatles.

 

 

 

 

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também