Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
O antes e depois de Dwight, filho de Melissa Gardner (Arquivo pessoal/Facebook)
O antes e depois de Dwight, filho de Melissa Gardner (Arquivo pessoal/Facebook)
Virtudes e Valores

Mães compartilham fotos do “antes e depois” de seus filhos prematuros

Iniciativa de uma mãe australiana gera corrente de testemunhos que encorajam outras mulheres a não perder a fé na recuperação de seus filhos

Um nascimento prematuro pode ser uma experiência aterradora e surpreendente para os novos pais. Mas em Sydney uma mãe ofereceu alguma esperança às grávidas e aos pais que tiveram bebês prematuros ao compartilhar no Facebook um emocionante “antes e depois” de seu filho.

Melissa Gardner compartilhou a história de seu filho prematuro Dwight e como, apesar das complicadas primeiras semanas, ele cresceu e se tornou um menino saudável e feliz de dez anos. Ela disse:

“Olá, mães! Para todos aqueles que têm um bebê prematuro! Este é o meu filho mais velho, Dwight”, escreveu Melissa, cujo filho pesava dois quilos ao nascer e media 14 centímetros.

“Nasceu no hospital de Westmead, em Sydney, depois de decidir que 32 semanas na minha barriga eram o suficiente!”, acrescentou.

Grace, filha de Michaela Harris (divulgação/Facebook).
Grace, filha de Michaela Harris (divulgação/Facebook).

“Houve vários sustos, nos quais ele deixou de respirar, mas em outras ocasiões ele estava muito bem. Passou quatro semanas no hospital e foi um alívio trazer nosso homenzinho para casa. Cresceu sendo um belo e carinhoso filho, irmão maior e amigo”, contou Melissa.

A orgulhosa mãe disse a outras mães com bebês prematuros que aguentem firme “enquanto os médicos fazem seu impressionante trabalho.”

“Sei que sempre nascem bebês prematuros e só quero permitir que outros pais passem por isso sabendo que há esperança para os nossos pequenos milagres”, disse Melissa ao Daily Mail.

Ela recebeu, graças ao seu post, muitas outras fotos de mães que se uniram a essa forma de compartilhar imagens de seus filhos, recém-nascidos e atualmente.

A filha de Michaela Harris, de três anos, nasceu com apenas 24 semanas, pesando 490 gramas. Com apenas quatro semanas, foi transferida para outro hospital para realizar uma cirurgia no coração.

“Falei com um pediatra especialista em recém-nascidos que nos deu as estatísticas das chances que Grace teria de sobreviver, e não eram as melhores”, conta Michaela ao Daily Mail.

“Os médicos estavam impressionados com o espírito de luta que ela tinha desde o começo. Grace não precisou de aparelhos para respirar. Todos estávamos admirados de que ela respirasse tão bem.” Apesar das complicações, do problema no coração e de uma séria infecção quando estava com cinco semanas, a pequena Grace pôde ir para casa depois de 123 dias em cuidados intensivos.

“Ela agora é a minha sem-vergonha de quase quatro anos e apesar de pequena para a sua idade e de ter uma cicatriz no ombro devido à cirurgia, ninguém percebe que ela nasceu prematura.”

Debra Tropea também teve um nascimento prematuro inesperado com o seu filho Kruz. “Meu pequeno nasceu há quatro anos. Fiquei no hospital por cinco semanas com pré-eclâmpsia e outras complicações graves”, explica ela, que tem quatro filhos.

Debra fez uma cesária de emergência e o seu pequeno Kruz nasceu, com 35 semanas.

“Não sabia nem se eu tinha uma foto de nós dois, foi tudo tão rápido. Mas encontrei várias em uma velha câmera no fundo de um armário. Sou feliz por ter registrado esse nosso momento juntos”, diz ela.

“Lutamos e sobrevivemos. Ele tem uma alma muito bonita, um coração amável e é um homenzinho impressionante. Nós dois lutamos muito e cada dia é uma benção para ambos.”

 

Colaborou: Felipe Koller

Leia também