Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
children-drawings-turned-paintings-ruth-oosterman-3 (1)
Educação dos filhos

Mãe cria pinturas expressionistas a partir dos rabiscos da filha de 2 anos

Artista canadense resolveu estimular a criatividade da filha finalizando os traços da pequena e produzindo belos quadros

Recentemente, a artista canadense Ruth Oosterman percebeu que sua filhinha de 2 anos, Eve, começou a desenvolver interesse por tinta e papel.

Como boa mãe que é, com mais interesse em desenvolver a criatividade e as habilidades artísticas da menina do que em manter a casa limpa, Ruth liberou o pincel para a filha.

Mãe e filha passaram então a criar quadros em parceria. A garotinha faz os rabiscos iniciais e a mãe põe seu talento na tela, finalizando a arte.

Reproduções das pinturas são vendidas por preços que variam entre 54 a 114 reais. Além disso, Oosterman oferece a possibilidade de se fazer um retrato personalizado, mediante o envio de foto da pessoa a ser retratada, produzido por ela e sua filha.

Nesse caso, a artista esboça alguns traços no papel, que são então trabalhados com aquarela por ela e por Eve simultaneamente. Quando a criança diz que terminou sua parte, Oosterman finaliza o quadro com tinta acrílica e outros materiais. Esse tipo de serviço custa cerca de 500 reais. Oosterman pode também trabalhar sobre o desenho de alguma criança enviado a ela, por 330 reais.

Vendo o resultado abaixo, parece que Eve e sua mãe vão longe nesse projeto. Veja só alguns dos trabalhos realizados e assista a vídeos que mostram o processo de produção das obras.

 

O barco vermelho:

artist-turns-childrens-drawings-into-paintings-11

 

 

O rei elefante:

artist-turns-her-two-year-olds-sketches-into-paintings-51

 

O sonho de um leitor ávido:

artist-turns-childrens-drawings-into-paintings-21

 

A grande coruja:

artist-turns-childrens-drawings-into-paintings-41

 

A dama e a raposa:

artist-turns-childrens-drawings-into-paintings-31 (1)

 

Conheça mais sobre o trabalho de Ruth em sua página, no Facebook.

*****

Recomendamos também:

Leia também