Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
doador de rim
Casamento e Compromisso

Homem doa rim à noiva como presente de Dia dos Namorados, no Canadá

Christian Willenborg descobriu que era o doador perfeito e decidiu surpreender sua namorada com um presente diferente

Christian Willenborg descobriu depois de alguns encontros com Errin Tollesfon que ela fazia diálise e precisava de um doador de rim. Depois de vê-la adoecer, ele decidiu fazer exames para ver se poderia doar o seu órgão. A história foi contada pela rede de tevê canadense CBC.

Pessoas que perderam entre 85 e 90% da função dos rins precisam de diálise, com frequência várias vezes por semana. Todos precisam de pelo menos um rim funcionando e, a menos que uma pessoa que faça diálise receba um rim de um doador, deverá continuar a diálise pelo resto da vida.

Depois de passar pelos exames, Willenborg soube que era o doador perfeito para Errin. Segundo o site da National Kidney Foundation, exames de sangue, tipagem tecidual e raios X são usados para determinar a qualidade da compatibilidade, o que ajuda a prevenir que o rim seja rejeitado pelo corpo do paciente.

“Gêmeos são perfeitamente compatíveis, mas é relativamente raro que duas pessoas que não sejam parentes tenham uma compatibilidade quase total”, disse Willenborg.

Depois de ouvir a boa notícia, Willenborg comprou um anel de noivado.

A cirurgia foi realizada em 4 de fevereiro, poucos dias antes do Valentines Day, o Dia dos Namorados no Canadá e em vários países do hemisfério norte. Willenborg permaneceu com Errin por quatro dias enquanto ela se recuperava. Eles se casarão em agosto.

 

Colaborou: Felipe Koller

Com informações de Deseret News.

Leia também