Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Nos dois primeiros quadros Gabriela Zugliane aparece grávida de 8 meses. Nos outros dois, mostra a barriga depois de 10 dias de dar à luz.
Nos dois primeiros quadros Gabriela Zugliane aparece grávida de 8 meses. Nos outros dois, mostra a barriga depois de 10 dias de dar à luz.
Entrevista

Grávidas com barrigas musculosas

A barriga da nutricionista Gabriela Zugliane, tanto durante a gravidez quanto no pós-parto, impressiona. Agora, será mesmo possível exibir esse corpo? E até que ponto é saudável para mães e bebês?

Duas fotos publicadas recentemente nas redes sociais chocaram muitas mulheres, grávidas ou não. Ambas mostram a nutricionista Gabriela Zugliane, a primeira é de quando ela estava grávida de oito meses com a barriga super sarada e com uma aparência bem diferente do que normalmente vemos a essa altura da gestação. A segunda é de apenas 10 dias após o parto, em que ela mostra uma barriga que nada lembra a de uma mulher que recentemente deu à luz.

Agora, será mesmo possível exibir esse corpo? E até que ponto é saudável para mães e bebês? O Sempre Família conversou com a educadora física e personal trainner Verônica Motta Lino, que é especialista em musculação feminina. Confira:

É possível ter um corpo daqueles na gestação?

Sim, é possível. Quem está acostumada a treinar muito e já tem um abdômen com a musculatura aparente, com porcentual de gordura baixo, pode sim continuar com o corpo definido durante a gestação.

Como é possível ficar com o corpo daquela maneira?

As gestantes saradas já têm um tônus muscular diferente das mulheres que nunca treinaram e, consequentemente, têm hábitos dietéticos saudáveis, ou seja, a barriga dela já era definida e continua durante a gestação. Agora, adquirir uma barriga definida na gestação para mulheres “normais” é impossível.

Isso é saudável para a mãe? Por quê?

É importante as pessoas terem consciência de que a maioria das gestantes não pode fazer o que ela faz. Alguns exercícios são intensos demais e só iremos saber os efeitos a longo prazo. Tenho alunas que abusaram da malhação na gestação e hoje sofrem com incontinência urinária e hérnias. A musculatura abdominal muito rígida também pode dificultar o parto normal.

Isso é saudável para o bebê? Por quê?

Para o bebê não há problemas. Ele sofrerá se começar a faltar oxigênio, algo que acontece se os batimentos cardíacos da gestante ultrapassarem 140 por minuto por determinado tempo. Por isso é importante que todo o trabalho físico seja sempre acompanhado por profissionais.

Como profissional, você incentiva esse modelo? Por quê?

Como personal trainner não indico esse modelo. Sou contra qualquer atividade física muito intensa nesta fase. Acho importante incentivar a gestante a continuar os exercícios, mas com o cuidado de não fazer nada que seja de alta intensidade, esportes de contato ou com algum risco de queda.

Como deve ser a intensidade na prática de exercícios durante a gestação?

Eu sempre digo que mamãe saudável = bebê feliz! Manter a forma e ter equilíbrio durante a gravidez só irão trazer benefícios para os dois. E com autorização médica e acompanhamento de um profissional especializado, o exercício é indicado e seguro. Para as gestantes que nunca treinaram, eu sugiro exercícios após o primeiro trimestre e com menor impacto, como musculação, hidroginástica, yoga e caminhada.

Você teve dois filhos. Ficou assim também?

Tive dois filhos e fui uma gestante muito saudável. Não tive dores nas costas, nem varizes. Prestei muita atenção ao meu corpo para não ultrapassar meu limite e prejudicar os bebês. Engordei apenas 9 kg nas duas gestações, mas sou uma mulher normal, tive celulites e flacidez sim.

Como você se exercitou nas suas gestações?

Eu me exercitei diariamente nas duas gestações. Todos os dias fazia 40 minutos de musculação, fortalecendo bem a lombar e 20 minutos de elíptico (o melhor aparelho aeróbico para a gestante por não ter impacto, preservando os órgãos internos). Treinei até o dia do parto e minha recuperação foi muito tranquila.

Onde está o equilíbrio entre ser saudável e exagerar na dose?

Ser saudável é se alimentar bem, tomar muita água, fazer exercícios regularmente com o objetivo de se movimentar e oxigenar o corpo. Exagerar é querer ir para a academia todos os dias, mesmo cansada e com leves cólicas. É querer buscar muito a vaidade física e passar do limite, treinar com a mesma carga que treinava antes.

Leia também