Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock
Crédito: Bigstock
Trabalho

Funcionários do Facebook terão 4 meses de licença-paternidade

Medida foi anunciada uma semana após Mark Zuckerberg avisar que ficará dois meses afastado quando sua filha nascer

A partir de 1.º de janeiro de 2016, funcionários do Facebook de todo o mundo terão direito a quatro meses de licença-paternidade, independentemente das leis trabalhistas de cada país. A novidade foi informada pela chefe operacional da empresa Sehryl Sandberg, na semana passada.

“Os novos pais, incluindo também os homens, devem ser capazes de criar elos com seus novos filhos desde os primeiros dias de sua existência”, disse a gestora, por meio de sua conta na rede social. Embora a política passe a ser oficialmente adotada em 2016, aqueles que tiveram filhos em 2015 também serão beneficiados pela medida.

O anúncio ocorre uma semana após o presidente executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, avisar que fará uso de dois meses de licença-paternidade quando sua filha nascer.

Brasil

No Brasil, a novidade é especialmente interessante aos homens, que atualmente dispõem de apenas cinco dias corridos de licença-paternidade prevista no Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT). No entanto, nos Estados Unidos, nem as mães contam com quatro meses de licença-maternidade garantidos pela legislação. Funcionárias do Facebook agora passarão a contar com esse direito.

Leia também