Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock.
Crédito: Bigstock.
Saúde

Entenda a andropausa e saiba como tratá-la

Para não sentir muito os efeitos da andropausa, a indicação é ter alimentação equilibrada, praticar exercícios físicos e evitar o acúmulo de gordura abdominal

Você sabe o que é a Andropausa? Conhecida como a menopausa do homem, ela significa a perda de testosterona e pode desencadear alguns sintomas como diminuição do desejo sexual, perda da massa muscular e, em alguns casos, perda da ereção. De acordo com Carlo Passerotti, urologista e professor livre docente da disciplina de Urologia, do Hospital das Clínicas (SP), todos os homens podem passar por isso, alguns com mais intensidade, outros com menos.

“Isso vai depender de qual a privação eles têm da parte hormonal e o quanto eles sentem isso”, conta o médico. A queda na taxa de testosterona começa a partir dos 40 anos e, diferentemente da mulher, essa queda não é brusca. Os sintomas ficam maiores entre 50 e 60 anos. “Não é a parte hormonal que leva à perda de ereção, mas a perda de desejo que, associada com alterações vasculares, cardíacas, diminuição de memória, queda de cabelo/pelos, pode acontecer”, conta Passerotti.

Efeitos

Para não sentir muito os efeitos da andropausa, a indicação é ter alimentação equilibrada, praticar exercícios físicos e evitar o acúmulo de gordura abdominal. Em alguns casos a reposição hormonal pode ser indicada. “Esse processo tem que ser feito de forma assistida e segura, pois existe o risco de uma reposição inadvertida, uso de hormônio sem cuidado e levar a um crescimento de tumores”, completa Passerotti, que recomenda alguns tipos de tratamento.

“Podemos usar desde fitoterápicos, para sintomas leves, que não têm risco e melhoram a biodisponibilidade, até o hormônio direto, que é repositor, isto é, como se estimulássemos o organismo a se acostumar com uma taxa maior de hormônio para estimular a produzir novamente.” É importante ainda que o homem esteja atento a irritabilidade ou nervosismo, sintomas comuns durante a reposição, que é feita via oral ou com injeções.

Se após o início da reposição, o homem continuar depressivo e desanimado, a indicação é procurar um psicólogo ou terapeuta para auxiliar na retomada das atividades normais.

Leia também