Sempre Família - Porque cuidar é fundamentalAtivo 1

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
math-1500720__340
foto_esthercristinapereira
Esther Cristina Pereira

Educação, Família e Escola

Reflexões sobre educação e a relação escola-família

Criança mimada e superprotegida

Como evitar esse comportamento e tornar nossos filhos adultos capazes

Você já reparou que alguns pais ficam ao redor dos filhos e atendem prontamente tudo que eles querem? Será que essas crianças se tornarão adultos independentes e fortes para lidar com as situações difíceis que surgirem em seus caminhos?

A reflexão de hoje gira em torno desse comportamento. Muitas vezes os pais acreditam que desta maneira estão fazendo o melhor pelos filhos. No entanto, essa atitude pode prejudicar as futuras chances de sucesso das crianças. São pequenos gestos que podem tomar uma grande proporção no decorrer dos anos.

Imagine a seguinte cena: a criança está no sofá de casa assistindo televisão e pede um alimento aos pais. Ao invés de trazer a comida para o filho, que tal convidá-lo para ir até a cozinha e prepararem o lanche juntos? Esse ato pode se transformar em um momento de diálogo, entretenimento, aprendizagem e diversão.

Nossos filhos são seres humanos em formação e depende de nós, adultos, torná-los jovens capazes. Família que cria crianças superprotegidas acaba perdendo a oportunidade de aprender lições valiosas a partir dos erros e acertos que cometem.

Amar os filhos significa guiá-los, apoiá-los e protegê-los. Não se pode sufocar e muito menos superproteger. Eles precisam aprender por si próprios a lidar com os desafios, desapontamentos e fracassos da vida. A atitude mais amorosa que podemos ter é dar um passo atrás e deixá-lo cair às vezes. Dessa maneira, ele se preocupará em aprender e resolver as coisas sozinho.

Os pais são para os filhos o referencial mais importante no que diz respeito a segurança e apoio. Deixe seu filho voar, ele nasceu passarinho e, como tal, deve trilhar seus próprios caminhos.

 

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também