Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock.
Crédito: Bigstock.
Entretenimento, Pais e filhos

É tempo de… colônia de férias

Para muitos pais a colônia de férias é a única solução para o período de folga da escola. Confira os cuidados e critérios a adotar

As férias chegaram e muitos pais não podem aproveitar o período com os filhos. A solução para garantir diversão para a criançada pode ser matriculá-los em uma colônia de férias. Hoje são muitas opções diferentes com programação que inclui prática de esportes, atividades artísticas, brincadeiras dirigidas, contação de histórias.

Se essa será sua opção para as férias, fique atento a alguns cuidados importantes na hora de escolher o local para inscrever seu filho. Para a psicopedagoga e vice-presidente do Sindicato das Escolas Particulares do Paraná (Sinepe/PR), Esther Cristina Pereira, os pais devem observar a segurança do espaço e quem são as pessoas que ficarão com seu filho e assegurar que as crianças serão bem cuidadas. “É importante conhecer a programação, conferir se ela é verídica e, ainda, conversar com outros pais que já viveram a experiência de colocar seu filho neste mesmo espaço. A colônia de férias precisa ser motivadora, feliz e cansativa – no ponto de vista de muita folia e descontração. Quem elabora a programação da colônia de férias deve planejar com qualidade e ser um profissional com muita criatividade”, completa Esther.

Como as opções são bem variadas, a orientação é conversar com a criança para definir qual é a sua preferida, afinal ela estará em férias sem a companhia dos familiares. Outro ponto importante é lembrar que as atividades não devem ter cunho pedagógico, nada que remeta a escola, pois férias significam descanso. A temporada deve ser muito agradável e prazerosa.

Precisa mesmo de colônia?

Apesar das excelentes opções ofertadas, é fundamental que os pais estejam presentes em alguns momentos. “Se possível, os pais de alguma maneira podem contribuir, nem que seja com um bom filme e pipoca, à noite”, sugere Esther. Para ela, antes de pensar na colônia de férias, os pais devem averiguar se não há algum parente que possa ficar uns dias, pelo menos, com a criança. “Os pais precisam avaliar bem se colocar na colônia é uma necessidade mesmo. Como justificar para a criança que a mãe não tem tempo para ficar com ela nas férias, mas que ela tem tempo para ir ao shopping? Se vai ao shopping, leve o seu filho junto, insira a criança nas suas atividades, deixe que ele participe. Se existir uma possibilidade que seu filho possa conviver mais com a família, como comer um bolo na casa da vovó, será a melhor opção para a criança curtir suas férias”, finaliza.

Leia também