Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Educação dos filhos

Dizer essa frase ao seu filho pode ajudar a discipliná-lo

Disciplinar seu filho é capacitá-lo a mudar seu comportamento, mesmo quando você não está por perto

Quantas vezes você já chamou a atenção de seu filho hoje? Se tudo já saiu de seu controle é hora de repensar a maneira em que está disciplinando ele. Para ajudá-lo a desenvolver um comportamento social ideal, é necessário assumir o árduo papel de guiá-los desde pequenos para se tornarem adultos preparados, que vão dominar habilidades sociais em todas as áreas. Disciplinar seu filho é capacitá-lo a mudar seu comportamento, mesmo quando você não está por perto.

Ainda pequenos, ao serem contrariados, geralmente eles têm mal comportamento e querem fugir, morder, chutam, gritam, batem e até empurram. Nesse momento, muitos pais não sabem corrigi-los de uma forma eficaz e acabam pecando na educação das crianças. Para que você ajude-os a superar, aos poucos, esse mal comportamento, especialistas indicam algumas dicas do que se falar e como agir quando isso acontecer.

11 dicas para fortalecer a autoestima de seus filhos desde pequenos

Por exemplo, quando as crianças percebem que fizeram algo errado, sentem-se fracas e, para elas, parece permanente. Portanto, o trabalho dos pais é sugerir outras maneiras de lidar com situações e dar-lhes ferramentas para lidar com suas emoções, além de capacitá-las a mudar seu comportamento. Mas como se passa de um sentimento de fracasso para um sentimento de fortalecimento?

Quando seu filho faz algo como pegar um brinquedo de outra criança, e faz birra por isso, você pode corrigir o comportamento dele dizendo não. Identifique o problema e provoque uma reflexão de como ele se sentiria se alguém pegasse um brinquedo dele. Além disso, sugira para ele pergunte ao amigo se podem fazer uma troca. Essa dinâmica permite que eles criem a capacidade de mudar um comportamento negativo e você ainda tem a oportunidade de dizer: “Você vai se lembrar disso da próxima vez”.

Essa frase, no entanto, não deve ser dita em um tom autoritário ou como se quisesse dizer que aquela atitude lhe custará caro no futuro. Ela deve ser expressada de maneira a fazer com que ele compreenda que na próxima vez em que fizer aquilo ou algo parecido, a sugestão dada por você estará em sua mente e o ajudará a solucionar a questão. Ela também diz ao seu filho que seu fracasso de hoje não é uma falha permanente que eles podem mudar e isso lhes dá algo positivo para se concentrar: “Você vai se lembrar da próxima vez que usar suas palavras”.

Ela também ajuda a resolver seus sentimentos atuais (sinto-me mal agora, mas da próxima vez eu posso fazer melhor) e lhes dá uma sensação de alívio e um desejo de tentar da próxima vez.  Mas lembre-se de que a frase funciona, mas não é mágica. O hábito fará com que o comportamento de seu filho mude e ele passe a se lembrar de suas orientações.

Com informações de Mother.ly

 

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também